sicnot

Perfil

Cultura

Obra de Caravaggio pode ter sido encontrada num sótão em França

Um quadro com 400 anos, que pode ter sido pintado pelo italiano Caravaggio, foi encontrado num sótão em Toulouse, no sul de França. "Judite e Holefernes" foi pintado por volta de 1604 e retrata a heroína bíblica Judite a decapitar um general assírio.

© Charles Platiau / Reuters

Segundo Eric Turquin, um especialista francês, o quadro está num excecional estado de conservação e estima que o valor ronda os 120 milhões de euros.

A sua autenticidade ainda não foi confirmada.

A obra foi considerada Tesouro Nacional pelas autoridades francesas. Isto significa que não pode sair do país nos próximos 30 meses, deixando assim tempo suficiente para os museus nacionais adquiriram o quadro.

Os donos da casa em Toulouse acharam o quadro no sótão há dois anos e, desde então Eric Turquin tem mantido a obra afastada dos olhares do público e tentado comprovar a sua autenticidade.

  • Descobertos desenhos e pinturas de Caravaggio 

    Cultura

    Uma centena de desenhos e pinturas do célebre  pintor italiano Caravaggio (1571-1610) foram descobertos por especialistas  numa coleção do castelo Sforzesco, em Milão (norte), anunciou hoje a agência  noticiosa Ansa, apesar de a câmara municipal local ter apelado à "prudência".

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a lider da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleiçoes em vários países, como a Alemanha e a Holanda.