sicnot

Perfil

Cultura

Estatisticamente, Jon Snow não devia ter morrido

Estudantes universitários alemães recolheram dados sobre todos os personagens da Guerra dos Tronos para determinar as probabilidades que cada um tem de morrer na série. Concluíram que a morte de Jon Snow é um erro estatístico.

AP

Para este projeto - intitulado "Canção de Gelo e Dados", referência ao tema musical "Canção de Gelo e Fogo" - os estudantes da Universidade Técnica de Munique recolheram todos os dados online que puderam tanto sobre os livros como sobre a série de televisão. A Internet tem um vasto manancial alimentado pelos fãs, como Wiki of Ice and Fire, Game of Thrones wiki, Wikipedia ou ainda o Twitter.

Há 2028 personagens em todo o universo da "Guerra dos Tronos", com cada episódio da série a exibir cerca de 30, o dobro de homens em relação a mulheres.

O algoritmo categorizou cada uma das personagens consoante a idade, o título, o género ou popularidade, e prevê que os homens têm maior probabilidade de morrer que as mulheres - 33% contra 23% - e que a morte ocorre entre os 31 e os 40 anos.

Com base em outros fatores de risco, o algoritmo determinou que Jon Snow não merecia ter morrido - tinha apenas 11% de probabilidade de morrer, enquanto Stannis Baratheon tinha 96%, por exemplo.

Probabilidades de morte:

Tommen Baratheon - 97%
O menino-rei que atualmente se senta no Trono de Ferro está muito vulnerável e é fácil de matar.

Stannis Baratheon - 96%
Aquele que quer ser rei e matou a própria filha em desespero para chegar ao Trono de Ferro. Já morreu.

Daenerys Targaryen - 95%
A Rainha dos Ândalos, Roinares e Primeiros Homens, Senhora dos Sete Reinos, Protetora do Domínio, Princesa de Pedra do Dragão, Khaleesi do Grande Mar de Relva, chamada Daenerys Nascida na Tormenta, A Não Queimada, Mãe dos Dragões, Quebradora de Correntes (os amigos chamam-lhe Dany).

Davos Seaworth - 91%
Antigo contrabandista e braço direito de Stannis. Era uma pena ser agora morto quando está a ir tão bem na aprendizagem da leitura.

Petyr Baelish - 91%
O mestre em espionagem cuja ambição impiedosa lhe valeu tantos inimigos. Qual deles o irá matar?

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.