sicnot

Perfil

Cultura

Chyna terá morrido de overdose "acidental" com medicamentos

A antiga lutadora de wrestling norte-americana Joanie Laurer, mais conhecida por Chyna, terá morrido por overdose "acidental" com Valium e Ambien, avançou Anthony Anzaldo, manager da também modelo e atriz de filmes pornográficos. Chyna morreu na semana passada, na sua casa em Redondo Beach, Califórnia.

"Ela terá consumido acidentalmente e incorretamente os medicamentos que lhe tinham sido prescritos há 2 ou 3 semana", refere Anzaldo num mail publicado no Los Angeles Times.

O departamento de Medicina Legal de Los Angeles não divulgou ainda as causas da morte de Chyna, de 46 anos. As autoridades adiantam que ainda estão a decorrer investigações.

"É prematuro avançar as causa da morte num caso em que ainda não são conhecidos resultados de alguns testes relevantes", sublinhou Ed Winter, um dos responsáveis pela investigação da morte de Joanie Laurer.

Anzaldo diz que Chyna morreu depois de ter adormecido, a 17 de abril. O próprio manager terá sido o primeiro a alertar para a sua morte, na tarde de dia 20, quando resolveu deslocar-se a sua casa depois de tentar contactar a ex-lutadora de wrestling.

  • Quem joga com quem na Taça

    Desporto

    As 16 equipas ainda em prova na Taça de Portugal conhecem esta quarta-feira os adversários dos oitavos de final. Acompanhe aqui em direto o sorteio, que decorre na Cidade do Futebol, em Oeiras.

    Direto

  • "Oposição angolana deve atualizar-se"
    0:53

    Mundo

    Alexandra Simeão, antiga vice-ministra da Educação em Angola, mostra-se surpreendida com a rapidez das mudanças introduzidas por João Lourenço no país. A analista política disse ainda à SIC que estas mudanças são uma oportunidade para a oposição angolana se profissionalizar e atualizar.

  • "Estamos vivos"
    11:41
  • Notas e moedas têm os dias contados?
    6:27