sicnot

Perfil

Cultura

Seiscentos quilos de moedas romanas encontradas em Sevilha

A descoberta de milhares de moedas romanas aconteceu na quarta-feira durante o trabalho de construção do Parque del Olivar, em Tomares, uma cidade situada a cerca de 10 quilómetros de Sevilha, em Espanha. As moedas, que pesam entre oito e dez gramas, foram encontradas dentro de 19 ânforas cerâmicas e é possível identificar a figura de um imperador e algumas marcas romanas.

Ao contrário do que se esperava, o grupo de 19 ânforas não se destinava ao armazenamento de vinho ou oléo, mas sim de dinheiro. Nove dos recipientes cerâmicos encontrados estavam partidos, mas os restantes foram encontrados intactos. A descoberta está avaliada em muitos milhões de euros, mas para os investigadores o valor arquiológico é incalculável. Embora a maioria das moedas seja de bronze, os arqueólogos também encontraram alguns exemplares de prata.

Segundo o El País, os investigadores dizem que é possível que as moedas estivessem guardadas para o pagamento de impostos imperiais ou para pagamentos ao exército.

As moedas já foram entregues ao Museu Arqueológico de Sevilha.

  • Negócios do fogo
    22:00

    Reportagem Especial

    Todos os anos, o Estado gasta centenas de milhões de euros para financiar os meios de combate aos incêndios. A reportagem especial da SIC denuncia falta de rigor e clareza em muitos dos negócios.

  • Porque têm as tempestades nomes?
    0:49

    País

    As tempestades passaram a ter um nome, partilhado pelos serviços de meteorologia de Portugal, França e Espanha. Nuno Moreira, chefe de divisão de previsão meteorológica do IPMA, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias para explicar que este método é também uma forma de sinalizar a dimensão das tempestades.

  • "Não podemos gastar o dinheiro e depois os filhos e os netos é que pagam"
    2:05

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no habitual espaço de comentário no Jornal da Noite, o reembolso antecipado ao FMI. O comentador da SIC defendeu que seria mais vantajoso se Portugal reembolsasse mais depressa, antes da subida das taxas de juro. Miguel Sousa Tavares considerou ainda que o reembolso da dívida é uma boa notícia, pois seria "desleal" deixar a dívida para "os filhos e os netos" pagarem.

    Miguel Sousa Tavares

  • Os efeitos da tempestade Ana em Portugal
    1:43
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59

    Mundo

    A tempestade Ana não causou apenas estragos em Portugal, mas também na Galiza, com a queda de árvores e cheias nas zonas ribeirinhas. No norte da Europa, as baixas temperaturas provocaram fortes nevões e paralisaram a Grã-Bretanha, com voos cancelados, escolas fechadas e estradas cortadas.