sicnot

Perfil

Cultura

Álbum dos Radiohead lançado no domingo

O grupo inglês Radiohead anunciou hoje, através da Internet, que vai editar um novo álbum no domingo, em formato digital.

Ainda sem título, este será o nono álbum dos Radiohead e é anunciado numa semana em que o grupo utilizou a Internet, em particular as redes sociais, para libertar informações e conteúdos a conta-gotas.

Hoje, com o anúncio da edição do álbum - "domingo, 08 de maio, às 19:00" (hora de Lisboa) -, o grupo divulgou um novo tema, "Daydreaming", e o respetivo vídeo, assinado pelo realizador norte-americano Paul Thomas Anderson.

"Daydreaming" junta-se assim ao tema "Burn the witch", divulgado na terça-feira, juntamente com um vídeo de animação.

O novo álbum sairá dois meses antes de os Radiohead atuarem, a 08 de julho, no festival Nos Alive, no Passeio Marítimo de Algés, num dia para o qual já não há bilhetes à venda.

A nova digressão dos Radiohead tem início no próximo dia 20, em Amesterdão, na Holanda.

Os Radiohead, surgidos em final dos anos de 1980, são formados por Thom Yorke (voz), Ed O'Brien (guitarra), Jonny Greenwood (guitarra e piano), Colin Greenwood (baixo) e Phil Selway (bateria).

Já editaram oito álbuns, entre os quais "Pablo Honey" (1993), "Ok Computer" (1997), "Kid A" (2000) e "The king of limbs" (2007), que venderam cerca de 30 milhões de exemplares em todo o mundo.

A cada novo álbum -- pelo menos os mais recentes -, os Radiohead têm alterado o método de edição, aproveitando os diferentes canais de divulgação da Internet e do mercado da música em digital.

Em 2007 lançaram o álbum "In rainbows" diretamente na Internet, convidando o público a pagar o que quisesse pelo descarregamento do disco.

Em 2011, o álbum "The king of limbs" também só esteve inicialmente acessível através de uma página criada pelo grupo e só meses depois é que chegou às lojas.

De acordo com a publicação Pitchfork, o novo álbum terá edição física a 17 de junho, pela XL Recordings.

Lusa

  • Depois do apagão, Radiohead já piam

    Cultura

    Depois de ter apagado durante o fim de semana toda a sua presença da Internet, a banda britânica Radiohead reapareceu: numa nova conta de Instagram, partilha um pequeno vídeo animado de um pássaro a chilrear em repetição contínua.

  • Radiohead apagam-se da Internet

    Cultura

    A banda britânica de rock alternativo Radiohead apagou toda a presença na Internet - site, página de Facebook, de Twitter e por aí fora - fazendo aumentar os rumores de um truque publicitário para um novo álbum.

  • Santana diz que Marcelo por vezes faz de conta que é primeiro-ministro
    1:12

    País

    Santana Lopes diz que a expectativa que Passos Coelho criou sobre o mau desempenho do Governo se está a virar-se contra ele. Numa entrevista ao jornal Expresso deste sábado, o ex-primeiro-ministro e ex-presidente da Câmara Municipal de Lisboa considera contudo que Passos Coelho ainda poderá ganhar as próximas eleições. Sobre Marcelo, o atual provedor da Santa Casa da Misericórdia diz que por vezes faz de conta que é o primeiro-ministro.

  • Coala do Zoo de Duisburg viaja para Lisboa 

    País

    A SIC acompanhou, em exclusivo, a transferência de uma coala do Zoo de Duisburg, na Alemanha, para o Jardim Zoológico de Lisboa. O animal foi transportado pela TAP e batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Uma reportagem para ver mais logo no Jornal da Noite da SIC.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Caravana com cinzas de Fidel chega este sábado a Santiago de Cuba
    2:01
  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.