sicnot

Perfil

Cultura

Teresa Salgueiro apresenta novo álbum em outubro

A cantora e compositora Teresa Salgueiro apresenta o novo álbum, "Horizonte", em outubro, em dois espetáculos sucessivos, dia 08, na Casa da Música, no Porto, e no dia seguinte, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

Mario Armas

Em declarações à Lusa, a cantora afirmou que o novo álbum, no qual está a trabalhar e em que assina todas as letras e composições, "é a continuidade da viagem iniciada em 2012, com o álbum 'Mistério'".

Em palco, adiantou a cantora, além dos temas do novo álbum, e "alguns do anterior", irá também interpretar canções "da tradição musical portuguesa", das quais citou "Barco negro", "Verdes anos" e "Canção de embalar".

"A integração destas e outras canções da tradição popular portuguesa é uma forma de dizer de onde venho, de me situar, e mostrar aquilo que me inspira", disse Teresa Salgueiro.

Com a cantora vão estar em palco, e no estúdio, os músicos Rui Lobato (guitarra, bateria e percussão), Óscar Torres (contrabaixo), Marlon Valente (acordeão) e Graciano Caldeira (guitarra).

Para este novo álbum, Teresa Salgueiro mantém a instrumentação do anterior, "apesar de a guitarra ter agora cordas de 'nylon', com uma sonoridade mais acústica".

O novo álbum deverá ser editado em finais do ano, adiantou a cantora, que afirmou que "não podia estar mais satisfeita com a continuação de perseguir este sonho de ser músico".

"Não conheci outra profissão a não ser a de músico, é a concretização de um sonho", rematou.

Teresa Salgueiro debutou na música em 1986, como a voz dos recém-formados Madredeus, grupo liderado por Pedro Ayres Magalhães. Com este grupo gravou nove álbuns de originais e foi a sua voz durante 20 anos, até 2007.

A cantora recebeu, entretanto, convites para partilhar o palco com nomes como José Carreras, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Carlos Núnez, Angelo Branduardi e Zbigniew Preisner.

Em 2011, retirou-se para o Convento da Arrábida, no distrito de Setúbal, onde gravou o disco "Mistério", no qual assumiu a produção, bem como a direção musical, a composição e as letras.

Depois gravou uma edição exclusiva para o território mexicano, "La golondrina y el horizonte", com a qual realizou vários espetáculos, no âmbito do Festival Cervantino.

Os dois espetáculos, no Porto e em Lisboa, são "o ponto de partida de uma digressão mundial", disse Teresa Salgueiro à Lusa.

Lusa

  • Ronaldo terá colocado milhões de euros nas Ilhas Virgens britânicas
    4:15

    Desporto

    José Mourinho e Cristiano Ronaldo são apenas dois dos nomes da maior fuga de informação na história do desporto. A plataforma informática Football Leaks forneceu milhões de documentos à revista alemã Der Spiegel, entre os quais documentos que indicam que o capitão da seleção nacional terá colocado milhões de euros da publicidade nas Ilhas Virgens britânicas. Os dados foram analisados por um consórcio de 60 jornalistas, do qual o Expresso faz parte, numa investigação que pode ler este sábado no semanário.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.