sicnot

Perfil

Cultura

Celine Dion descreve momentos finais com o marido

Celine Dion passou os últimos momentos de vida do marido dizendo-lhe para não se preocupar. "Por favor, parte em paz. Não te preocupes" foram as palavras para René Angélil. As revelações foram feitas ao canal norte-americano ABC, naquela que foi a primeira entrevista desde da morte do marido da cantora em janeiro. Celine revelou ainda que usou o filme "Up- Altamente " para explicar aos filhos a ausência física do pai.

Julie Jacobson

A cantora revelou que se deitou ao lado do marido assim que ele morreu e ali permanceu durante algum tempo. Antes, os dois tiveram uma breve conversa.

"Estás preocupado com a minha carreira. Estás preocupado com os miúdos. Estás preocupado com tudo. É suficiente. Confias em mim? Confia, por favor." "Os miúdos estão bem. Eu estou bem. Eu prometo-te que ficaremos bem. Por favor, parte em paz. Não te preocupes" foram as palavras de Celine Dion para o marido.

A cantora voltou aos palcos no passado mês de fevereiro, pouco mais de um mês depois da morte de Angélil, a 14 de janeiro. Celine revelou ainda que usou o filme "Up- Altamente " para explicar aos filhos a ausência física do pai.

"Lembram-se do Up- Altamente? Quando os balões sobem? Bem, hoje o papá subiu", disse a cantora.

Angélil e Dion casaram-se, em 1994, e tiveram três: Nelson e Eddy, gémeos com 5 anos, e René-Charles, com 15 anos. René Angélil era também empresário da cantora.

A cantora disse ainda que levou os filhos para a rua, onde estes lançaram balões para o céu na esperança de enviar uma mensagem para o pai, dizendo que o amavam.

René Angélil tinha 73 anos quando morreu, depois de uma longa batalha contra um cancro na garganta.

  • "O bom senso obriga a acordo para a estabilização do sistema financeiro"
    2:06

    Economia

    O Presidente da República disse esta quarta-feira que "o bom senso obriga a que todos estejam de acordo para a estabilização do sistema financeiro". Num aparente recado a Passos Coelho, Marcelo apelou a um consenso de regime e avisou que "não há prazer tático que justifique o desgaste" provocado pelas divisões atuais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.