sicnot

Perfil

Cultura

Seis dias e sete noites de teatro, música, dança e poesia no Teatro da Trindade

O Teatro da Trindade, em Lisboa, vai organizar "seis dias e sete noites" de espetáculos, com base em projetos artísticos de escolas e associações, nos terceiros encontros "Arte, Escola e Comunidade", que começam hoje e prosseguem até domingo.

Ao todo, segundo o teatro, serão 13 produções de "teatro, música, dança, poesia e performance", além de um debate, um workshop, uma sessão de "Poetry Slam" e de três bailes na rua, aos quais se juntará, depois, o Cinema Ideal, com o ciclo dedicado a "Práticas na Comunidade", que vai mobilizar filmes, documentários e realizadores, de 2 a 7 de junho.

Entre as iniciativas, o Teatro da Trindade destaca os 30 anos da Crinabel Teatro, "uma referência do trabalho teatral na área da saúde mental", desenvolvido pela cooperativa de ensino especial, o espectáculo de dança inclusiva da Vo'Arte "Edge", e a segunda edição do "Poetry Slam do Trindade", numa parceria com o Festival Silêncio.

O Teatro da Trindade INATEL lançou estes encontros em 2010 - e realizou a segunda edição no ano passado -, com o objetivo de promover projectos artísticos com origem na escola e na comunidade, criando uma oportunidade de apresentação desses espetáculos e de debate dessas práticas comunitárias.

O programa abre na segunda-feira à noite, na sala do Povo, ao Cais do Sodré, com "Poesia e polifonia", pelas vozes de Davoud Ghorbanzadeh (Irão), Moin Uddin Ahamed (Bangladesh), Margarita Sharapova (Rússia), Nilson Muniz (Brasil) e Jon Luz (Cabo Verde).

Na terça-feira, às 21:30, é apresentada a peça "A festa", do Crinabel Teatro, na Sala Eça de Queiroz do Teatro da Trindade INATEL.

Quarta-feira, dia 25, no mesmo local, é o dia da Mostra de Dança da Faculdade Motricidade Humana da Universidade de Lisboa, enquanto na Sala Estúdio, às 21:45, será apresentada a peça "Comunidade líquida", da Escola Superior de Teatro e Cinema, de Lisboa.

O Teatro da Trindade recebe três produções, na quinta-feira: "A birra dos mortos vivos", pelo Teatro de Identidades, às 16:00, no Salão Nobre; "IRA -- 7 Pecados Capitais de Brecht", pelo Teatro Comunitário Cais 14, da Sociedade Euterpe Alhandrense, na Sala Eça de Queiroz, às 21:30; "16 R/C Dt.º", pelo Teatro da Academia do Instituto Politécnico de Viseu, na Sala Estúdio, às 21:45.

Na sexta-feira, o programa prevê quatro espetáculos: "EDGE" e "2 and 2 are four", pelo Vo'Arte, na sala principal do Teatro da Trindade, às 21:30; "Os Desejos de Estrelas podem ser falados?", pelo Teatro Comunitário da Casa da Achada, na Sala Estúdio, às 21:45; um recital de piano, por alunos da Academia dos Amadores de Música, às 18:30, no Salão Nobre; e "Regresso do Sol", pelo Curso Profissional de Artes do Espetáculo da Passos Manuel, nas instalações da escola secundária, às 11:00.

O Grupo de Teatro Terapêutico do Hospital Júlio de Matos leva a leitura encenada de "Torcicolo", ao Clube Português de Artes e Ideias, no sábado, às 16:00, e a Sala Estúdio do Teatro da Trindade INATEL recebe "A Festa!", pelo Coletivo A Tribo, no mesmo dia, às 21:45.

As atividades voltam a concentrar-se no Trindade, no domingo, com o concerto da Orquestra Sinfónica Escola Superior de Música de Lisboa, às 16:00, a representação de "O imperador da China", às 17:00, pelo Teatro Académico de Lisboa, e a sessão de "Poetry Slam", às 21:00.

Os "Bailes do Trindade" saem ao largo Trindade Coelho (dia 26, 18:00/20:00), à praça Camões (dia 28, 16:00/18:00) e ao Jardim de São Pedro de Alcântara (dia 29, 18:00/20:00).

De 2 a 6 de junho, o Cinema Ideal vai acolher o ciclo dedicado às práticas na comunidade, sempre às 18:00.

Este ciclo vai envolver o coletivo Os Filhos de Lumière e a sua oficina "O Mundo à Nossa Volta" (dia 2) e falar sobre o "Cinema de bairro", num encontro coordenado pelo documentarista Rui Simões, com os cineastas João Pinto Nogueira, Marta Pessoa, Leonor Areal e Pedro Sena Nunes (dia 5).

Serão ainda exibidos os documentários "Sinfonia Imaterial", de Tiago Pereira (dia 3), "Ilusão", de Sofia Marques (dia 4), e "Cidadãos de corpo inteiro", de Patrícia Poção (dia 6).

Lusa

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura ao Governo

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC

  • A cadela que desistiu da CIA para ir "perseguir esquilos e coelhos"

    Mundo

    Nem todos os cães têm aptidão para combater o crime. Este é o caso de Lulu, uma cadela que estava a treinar para ser agente da CIA, mas que acabou por entrar na reforma ainda durante os treinos. Através do Twitter, a agência norte-americana anunciou na semana passada que Lulu já não iria treinar mais e que tinha sido adotada pelo agente que a treinava.

    SIC

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC