sicnot

Perfil

Cultura

Led Zeppelin acusados de plagiar acordes iniciais de "Stairway to Heaven"

Jimmy Page e Robert Plant, dos Led Zeppelin, compareceram ontem num tribunal em Los Angeles para defender a música "Stairway to Heaven" de acusações de plágio.

© Jason Reed / Reuters

Spirit, uma banda de Los Angeles, alega que o os acordes iniciais de "Stairway to Heaven" plagiam o instrumental "Taurus", de 1968, editado três anos antes da célebre música dos Led Zeppelin.

Depois de dois anos de procedimentos judiciais, um juiz federal considerou que havia elementos suficientes para instaurar um processo com jurados. Caso percam, Jimmy Page e Robert Plant poderão ter de pagar até 35 milhões de euros.

  • Led Zeppelin acusados de plágio

    Cultura

    Um júri norte-americano vai decidir se a abertura de "Stairway to Heaven" - uma das mais famosas passagens do rock - foi plagiada pelos Led Zeppelin de uma outra banda, menos conhecida. Os acordes iniciais da música serão idênticos aos de "Taurus", da banda Spirit.

  • Jimmy Page edita todo o catálogo dos Led Zeppelin
    6:48

    Cultura

    Jimmy Page, fundador dos Led Zeppelin editou, em versão remasterizada, todo o catálogo da mítica banda britânica. Um trabalho que começou há mais de dois anos, e que começa a dar frutos com a edição, este mês, dos primeiros três discos daquele que é por muitos considerado como o melhor guitarrista de sempre. A SIC falou com Jimmy Page, em exclusivo, em Londres.

  • Economia portuguesa a crescer
    2:26
  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Embaixador do Bangladesh pede ajuda aos portugueses no caso dos rohingya

    Mundo

    O embaixador do Bangladesh em Lisboa pediu esta sexta-feira aos portugueses que ajudem a resolver o problema dos rohingya. Desde o final de agosto, mais de 400 mil pessoas desta minoria muçulmana fugiram de Myanmar, a antiga Birmânia. O Bangladesh já tinha acolhido outros 400 mil refugiados e vê-se agora a braços com esta crise migratória. Pede por isso a Portugal que pressione Myanmar para aceitar de volta e em segurança os rohingya.