sicnot

Perfil

Cultura

Charles Aznavour atua em Lisboa no dia 10 de dezembro

O cantor, ator e compositor francês regressa a Portugal oito anos depois e tem atuação marcada para dia 10 de dezembro, no Meo Arena.

A3618/_Bernd Von Jutrczenka

O cantor, ator e compositor francês Charles Aznavour, intérprete de êxitos como "La bohème", e que compôs para Amália Rodrigues, vai aturar no dia 10 de dezembro no Meo Arena, em Lisboa, segundo informação divulgada hoje.

O intérprete, de 92 anos, atua no âmbito de uma digressão que este ano já o levou a vários pontos do mundo, incluindo Amerterdão, Holanda, Tóquio, Osaka, Bucareste, Praga, Barcelona, entre muitos outros. Estão previstas ainda passagens por cidades como Verona, Marbella e Antuérpia, antes de pisar o palco do Meo Arena, Lisboa.

Charles Aznavour, apontado pela imprensa como "uma lenda viva da chanson française" editou, em 2015, o álbum "Encores", composto por inéditos da sua autoria, entre os quais uma homenagem a Edith Piaf e uma recriação de Nina Simone.

A última passagem do cantor por Portugal foi em 2008, ano em que recebeu a Medalha de Honra da Sociedade Portuguesa de Autores.

Com uma carreira com cerca de 70 anos enquanto cantor, ator e compositor, Aznavour escreveu mais de mil canções em francês, inglês, italiano, espanhol e alemão. Vendeu mais de 100 milhões de discos, tendo partilhado palco com cantores como Edith Piaf, Charles Trenet, Dalida, Yves Montand, entre muitos outros.

Com Lusa

  • Primeiro-ministro admite que retatório sobre Tancos possa ser "fabricado"
    2:06

    País

    O primeiro-ministro garante que o relatório divulgado pelo expresso sobre o desaparecimento de armas em Tancos não é de nenhum organismo oficial e admite até que possa ser fabricado. Costa critica ainda o líder do PSD por comentado uma notícia que não confirmou. As Forças Armadas também negaram a existência de qualquer relatório sobre Tancos que o Expresso reafirma existir e ser verdadeiro.

  • Primeiro-ministro admite que retatório sobre Tancos possa ser "fabricado"
    2:06

    País

    O primeiro-ministro garante que o relatório divulgado pelo expresso sobre o desaparecimento de armas em Tancos não é de nenhum organismo oficial e admite até que possa ser fabricado. Costa critica ainda o líder do PSD por comentado uma notícia que não confirmou. As Forças Armadas também negaram a existência de qualquer relatório sobre Tancos que o Expresso reafirma existir e ser verdadeiro.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.