sicnot

Perfil

Cultura

Pai de Heath Ledger revela as últimas palavras do filho antes de morrer

© ERIC THAYER / Reuters

O ator Heath Ledger morreu em 2008 de overdose de medicamentos, tinha então 28 anos. Oito anos depois, o empresário e pai do ator, Kim Ledger, revelou ao Daily Mail Australia as últimas palavras do filho antes de morrer.

Segundo Kim, a última pessoa com quem o filho falou foi com a irmã, Katie. Esta terá aconselhado o irmão a parar de misturar medicamentos e tomar sem conhecer as consequências. Heath respondeu: "Katie, Katie, eu vou ficar bem", acrescentando que só o estava a fazer para conseguir dormir.

Kim Ledger admite que o único responsável pela morte é o próprio filho. "Foi totalmente culpa dele e de mais ninguém. Ele agarrou nos medicamentos e tomou-os."

A 22 de janeiro de 2008, Heath Ledger foi encontrado incosciente na cama, no quarto do apartamento em Nova Iorque. Segundo a autópsia, no corpo do ator foram encontrados vestígios de algumas substâncias entre elas: oxicodona, hidrocodona, diazepam, temazepam, alprazolam e doxilamina.

O ator ficou mais conhecido por participar em filmes como o "Batman - O Cavaleiro das Trevas", "10 coisas que eu odeio em ti", "Coração de Cavaleiro" e "O Segredo de Brokeback Mountain".

  • Kikas faz história
    1:22
  • Madonna está outra vez em Lisboa 😲
    0:59
  • Nove fatores que aumentam o risco de demência

    Mundo

    Um em cada três casos de demência podia ter sido evitado sem recorrer a medicamentos. Um estudo publicado na revista científica The Lancet explica como é possível evitar a demência e quais os fatores que contribuem para a doença.

  • Hindus pedem a troca de nome da cerveja brasileira Brahma

    Mundo

    Um grupo de hindus pediu a mudança da marca de cerveja Brahma, propriedade da multinacional cervejeira Anheuser-Busch InBev, com sede em Lovaina, na Bélgica, argumentando que é inapropriado uma bebida alcoólica ter o nome que um deus hindu.

  • Manuais oferecidos aos alunos do 1.º ano não podem ser reutilizados
    2:42

    País

    As escolas querem que sejam devolvidos aos alunos os manuais do 1.ºo ano que foram dados gratuitamente pelo Estado para serem reutilizados nos próximos anos. A Associação de Diretores de Agrupamentos diz que os livros estão praticamente todos em bom estado, mas da forma como são feitos pelas editoras é impossível voltar a usá-los. As escolas querem que o Executivo chegue a um entendimento com as editoras para conceber manuais reutilizáveis.

  • Portugal com 3.ª maior dívida pública da UE

    Economia

    A dívida pública recuou, em termos homólogos, na zona euro e na União Europeia (UE), no primeiro trimestre, tendo Portugal registado a terceira maior dos 28 (130,5%), depois da Grécia e de Itália, divulga hoje o Eurostat.