sicnot

Perfil

Cultura

Trinta edifícios históricos portugueses explorados por privados

Trinta edifícios históricos portugueses explorados por privados

Três dezenas de edifícios históricos vão ser explorados por investidores estrangeiros privados. No entanto, o Governo garante que o património será preservado. Um dos edifícios é Paço Real de Caxias, em Oeiras, que guarda relíquias e memórias com centenas de anos.

  • Em Lisboa há "lojas com história"
    5:50

    Cultura

    Em Lisboa há 63 lojas que têm mais do que produtos à venda. A Câmara Municipal distinguiu esses espaços comerciais pela história que guardam e não alteraram. As "lojas com história" vão dispôr de um fundo de 250 mil euros para restauro e atualização. Esta distinção pretende proteger o património dos "despejos forçados".

  • Livraria Lello tem fachada restaurada
    1:35

    Cultura

    Foi inaugurado este sábado o restauro da fachada neogótica e do vitral da Lello. A centenária livraria do Porto esteve em obras durante três meses para uma intervenção no património, mas manteve as portas abertas aos visitantes.

  • Ruiu parte do antigo Hotel do Gerês
    1:57

    País

    Ruiu parte do antigo Hotel do Gerês, em Terras de Bouro, Braga. Não há vitimas porque o edifício estava abandonado e a derrocada aconteceu durante a noite. Mas serão dias de trabalho para retirar o entulho da via pública, como constatou a jornalista da SIC, Cristina Freitas.

  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Dono de fábrica que ardeu na Anadia diz que produção não vai ser afetada
    2:04
  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Tragédia em Vila Nova da Rainha aconteceu há uma semana
    7:18
  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52