sicnot

Perfil

Cultura

Três filmes portugueses no festival de cinema de Toronto

Duas curtas-metragens, de Joana Pimenta e Gabriel Abrantes, e a longa-metragem "O ornitólogo", de João Pedro Rodrigues, foram selecionados para o festival de cinema de Toronto, marcado para setembro.

A programação, revelada na terça-feira, dá conta da presença das curtas-metragens "Um campo de aviação", de Joana Pimenta, e "A brief history of princess X", de Gabriel Abrantes, exibidas há uns dias em Locarno.

O filme "O ornitólogo", que valeu a João Pedro Rodrigues o prémio de melhor realização em Locarno, também foi selecionado para Toronto, um festival onde o cineasta já apresentou outros filmes em edições anteriores, nomeadamente "Morrer como um homem" em 2009 e "A última vez que vi Macau", co-realizado com João Rui Guerra da Mata, em 2012.

O festival canadiano, que celebra 40 anos, decorrerá de 08 a 18 de setembro e entre os filmes a exibir estão, por exemplo, "Aquarius", do brasileiro Kleber Mendonça Filho, "Snowden", de Oliver Stone, "Julieta", de Pedro Almodóvar, "I, Daniel Blake", de Ken Loach, e "Voyage of time: Life's journey", de Terrence Malick.

A eles juntam-se ainda duas produções de Paulo Branco, que estarão em Veneza antes de Toronto: "Os belos dias de Aranjuez", de Wim Wenders, e "À jamais", de Benoît Jacquot.

"The promise", a ficção de Terry George que foi rodada em 2015 Portugal e em Espanha, com técnicos portugueses na equipa e com Oscar Isaac e Christian Bale nos principais papéis, fará a estreia mundial em setembro em Toronto.

Lusa

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.