sicnot

Perfil

Cultura

Exposição com fotografias de Lisboa do século XIX revela a vivência da cidade

Uma exposição com fotografias captadas em Lisboa no final do século XIX revela o mapeamento urbano e algumas surpresas sobre a vida quotidiana da capital, com os vendedores, crianças e ofícios da época.

"Lisboa uma grande surpresa", é o título desta exposição que inaugura a 22 de setembro, às 18:30, no Arquivo Municipal de Lisboa | Fotográfico, com imagens captadas por Arthur Júlio Machado (1867-1947), e José Cândido d'Assumpção e Souza (1856-1923).

O trabalho destes dois autores - anónimos durante cerca de um século apesar das diversas pesquisas realizadas - é agora apresentado como documento da memória da cidade, através de vistas, ruas, praças e monumentos.

Ambos eram desenhadores na Câmara Municipal de Lisboa, onde apresentaram uma proposta para fotografar os prédios da cidade, cujo requerimento, entregue a 20 de julho de 1898, foi descoberto no decurso de um trabalho de investigação que permitiu aferir a autoria dos negativos e compreender o contexto de produção.

A intenção dos autores era fazer uma abordagem sistematizada sobre a cidade e foi desenvolvida ao longo de dez anos, entre 1898 e 1908.

Às provas da época já existentes no Arquivo Fotográfico, veio juntar-se outro volumoso conjunto, proveniente do Museu de Lisboa, provas coladas em fichas mecanográficas, que associam as imagens à informação do local, ao nome do proprietário e ao valor matricial do prédio.

Os investigadores concluíram que neste trabalho de uma década "havia uma intenção clara de inventariar, mapear, cartografar e fotografar no levantamento prédio a prédio, assim como noutros registos a decorrer na cidade da época, discutidos e apoiados pela câmara, acompanhando as tendências europeias de modernização da cidade".

A exposição "Lisboa uma grande surpresa" é acompanhada por um catálogo onde se apresenta parte deste fundo documental e que será lançado durante o período da exposição, aberto ao público de 23 de setembro próximo a 23 de janeiro 2017.

Lusa

  • Pagar IMI a prestações e um Documento Único Automóvel mais pequeno

    País

    O programa Simplex + 2017 é apresentado hoje à tarde e recebeu mais de 250 propostas de cidadãos ao longo dos últimos meses. As novas medidas preveem o pagamento em prestações do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a criação de um simulador de custos da Justiça, que devem estar em vigor no próximo ano.

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • "Toda a gente merece direitos iguais"
    0:14

    Mundo

    A polícia de Istambul montou cordões de segurança para dispersar a multidão que se juntou para a Marcha do Orgulho Gay, este domingo. O Governo proibiu a marcha por considerar que representa um risco para a segurança pública. Uma das ativistas fala numa decisão sem sentido, e diz que todas as pessoas merecem direitos iguais.

  • "Ela veio lá de fora e começou a atropelar as pessoas"
    0:43

    Mundo

    O atropelamento deste sábado em Newcastle, no Reino Unido, provocou pelo menos seis feridos. No local, as pessoas relatam momentos de pânico. Uma testemunha afirma que a condutora nunca perdeu o controlo do carro e que dirigiu intencionalmente contra a multidão.