sicnot

Perfil

Cultura

Três filmes portugueses no Festival de Cinema de Chicago

Os filmes "São Jorge", de Marco Martins, e "Ascensão", de Pedro Peralta, e a coprodução lusobrasileira "A cidade onde envelheço", de Marília Rocha, integram em outubro o Festival Internacional de Cinema de Chicago, nos Estados Unidos.

De acordo com a organização, "São Jorge" foi selecionado para a secção "World Cinema", "Ascensão" será exibido no programa de curtas-metragens e "A cidade onde envelheço" para a competição de novos realizadores.

A 52ª edição do Festival de Cinema de Chicago decorrerá de 13 a 27 de outubro.

"São Jorge" é o mais recente filme de Marco Martins, sobre um pugilista, desempregado de longa data, que aceita trabalhar numa empresa de cobranças difíceis, para pagar as suas próprias dívidas e para tentar que a mulher e a filha permaneçam no país.

A personagem Jorge valeu este mês a Nuno Lopes o Prémio Especial de Melhor Ator no festival de cinema de Veneza. O filme terá estreia comercial em Portugal no final deste ano.

"São Jorge" foi rodado nos bairros da Bela Vista (Setúbal) e Jamaica (Seixal), com atores profissionais e não profissionais, e o argumento foi feito por Marco Martins e pelo escritor Ricardo Adolfo.

Além de Nuno Lopes, o filme conta com Mariana Nunes, David Semedo, José Raposo, Jean-Pierre Martins, Ricardo Fernandes, Beatriz Batarda e Gonçalo Waddington.

"Ascensão" foi exibido em Cannes e premiado no IndieLisboa. No filme, com uma sequência de apenas três planos e direção de fotografia de João Ribeiro, Pedro Peralta registou o resgate de um homem que caiu dentro de um poço, no campo, ao nascer do dia.

O realizador filmou o esforço dos camponeses na recuperação do corpo, o silêncio das mulheres que assistem e ainda a mãe que acolhe o filho nos braços.

"A cidade onde envelheço" é uma incursão na ficção de uma realizadora brasileira que trabalha sobretudo no campo do documentário.

Co-produzido pela portuguesa Terratreme e interpretado pelas artistas portuguesas Elisabete Francisca e Francisca Manuel, o filme centra-se em duas mulheres que se reencontram no Brasil. Enquanto uma delas "vive momentos de descoberta e encantamento com o novo país onde deseja se instalar" outra "deseja voltar a Lisboa", lê-se na sinopse.

Lusa

  • Cerca de 100 mortos e dezenas de desaparecidos após sismo na Indonésia
    1:24
  • As camisolas de Natal da família real britânica

    Mundo

    O espírito natalício invadiu ontem o Museu Madame Tussauds, em Londres. Foram reveladas as novas figuras de cera da família real britânica - cada membro enverga uma camisola de espírito festivo, com cãezinhos "reais" e "gingerbreadmen" de gosto duvidoso.

  • Os dias na Terra estão a ficar mais longos

    Mundo

    Os dias estão a tornar-se mais longos, mas impercetivelmente, porque vão ser precisos 6,7 milhões de anos para aumentarem um minuto, segundo um estudo publicado quarta-feira pela Proceedings A da Royal Society britânica.

  • As novas rotas da TAP em 2017
    1:59

    Economia

    No próximo ano, a TAP vai passar a voar para o Canadá. Além de Toronto, a companhia aérea vai também abrir cinco novas rotas para a Europa e aumentar algumas frequências. Fique a conhecer quais são.

  • Com este vamos arrancar-lhe uma lagriminha!

    Mundo

    Nesta redação, não se vive só de notícias. Também gostamos de nos emocionar com o mundo virtual. Imbuídos pela quadra natalícia, decidimos partilhar este vídeo polaco consigo. O que é preciso para o emocionar? Um tema com uma mensagem simples e que nos faça lembrar que somos todos feitos de carne e osso. Um toque de humor. Um sentimento sazonal, mas nunca em excesso. Um cão [é preciso haver sempre um cão]. Um enredo e algum suspense que nos prenda ao écran. Algo que nos faça engolir em seco. Foi isto que fez um site de vendas online com um anúncio com o título: "Inglês para principiantes". Então? Atingimos o nosso objetivo? Com ou sem lágrima?

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54
    Futuro Hoje

    Futuro Hoje

    3ª FEIRA NO JORNAL DA NOITE

    A Leica, das famosas máquinas fotográficas, abriu na semana passada a primeira loja em Portugal. Grande parte da produção da marca alemã é feita em Lousado, em Vila Nova de Famalicão, há 43 anos.