sicnot

Perfil

Cultura

Lisboa entre as cidades que integrarão a Associação de Cidades do Iluminismo

(Arquivo)

Armando Franca

Cidades como Lisboa, Paris ou São Petersburgo vão brevemente integrar a Associação Internacional das Cidades e Entidades do Iluminismo (AiCEi), anunciou esta quinta-feira o presidente da Câmara da Covilhã, cidade que no último ano assumiu a presidência do organismo.

"Durante o congresso na Covilhã tomarão posse três novas adesões, em concreto das cidades de Lisboa, de Baztán e de La Carlota (Espanha), estando ainda previsto que se juntem brevemente à Rede de Cidades do Iluminismo Paris (França), Edimburgo (Reino Unido), São Petersburgo (Rússia) e São Luís do Maranhão (Brasil)", disse o presidente da Câmara da Covilhã, Vítor Pereira.

O autarca falava no final da sessão de abertura do XI Congresso Internacional da AiCEi, que decorre até sábado, na Covilhã, distrito de Castelo Branco.

Vítor Pereira sublinhou que as novas adesões são "o reflexo claro da importância do movimento do Iluminismo" e contribuirão para incrementar "as relações de natureza, social, política e económica" com as restantes cidades que já integram esta rede.

"Nós vivemos num mundo globalizado e, portanto, tudo quanto for no sentido de potenciar projetos, ideias pode no futuro ser muito proveitoso. Aliás, estou certo de que assim será", referiu.

Segundo o responsável, entre os projetos em desenvolvimento está o da Rota do Iluminismo, em que cada uma das cidades apresenta os diferentes legados do Iluminismo que ainda hoje são visíveis, designadamente no património histórico.

"Estamos a falar de uma marca que se vê quer no domínio filosófico e das ideias, quer do ponto de vista económico e patrimonial, e que aqui na Covilhã está bem patente na então Real Fábrica dos Panos, que mais do que uma manufatura era também uma fábrica escola", referiu, lembrando a importância desta fábrica em relação aos mercados externos e ao desenvolvimento dos lanifícios.

Com uma comissão de honra que integra 36 individualidades, entre as quais o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o ministro da Cultura, Luís Castro Mendes, o congresso que teve início hoje congrega seis palestras internacionais, duas exposições, visitas guiadas, concertos e recriações históricas.

Subordinado ao tema "Conhecimento e Mercantilismo", conta com a presença especialistas da área como António dos Santos Pereira, Carlos Madaleno, Décio Ruivo Martins e José Eduardo Horta Correia, que estarão reunidos, na sexta-feira, a partir das 10:00, no anfiteatro das sessões solenes da Universidade da Beira Interior.

Do programa consta ainda a inauguração, no sábado, às 10:00, do "Jardim do Conhecimento", que resulta da reabilitação de uma zona atrás do edifício da câmara e que integrará um painel que representa quatro covilhanenses que se distinguiram nas áreas das ciências naturais, ciências humanas, artes plásticas e ciências históricas.

Criada em 2001, a AiCEi é uma associação sem fins lucrativos, de caráter internacional, que conta atualmente com 17 membros e visa estabelecer-se como um ponto de ligação entre cidades e entidades que cresceram sob a égide dos valores materiais e imateriais do período do Iluminismo.

Lusa

  • Hoje é notícia 

    País

    O PSD leva a debate parlamentar a reprogramação do atual quadro comunitário, desafiando os partidos a pronunciarem-se sobre a proposta inicial do Governo, que considera "não servir o país". Os parceiros sociais e o Governo reúnem-se na Concertação Social para discutirem o Programa Nacional de Reformas. O Sporting de Braga procura alcançar o Sporting no 3º lugar da I Liga, ao defrontar o Marítimo na abertura da 31.ª jornada. Estas e outras notícias marcam a atualidade desta sexta-feira.

  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01

    País

    Dezassete anos depois, Lisboa vai ter as primeiras salas de consumo assistido, vulgarmente conhecidas como salas de chuto. O objetivo é apoiar os mais de 1400 toxicodependentes sinalizados e evitar a propagação de doenças.

  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC