sicnot

Perfil

Cultura

O Nobel a Bob Dylan, segundo Miguel Araújo

Entrevista SIC Notícias

O Nobel a Bob Dylan, segundo Miguel Araújo

O músico Miguel Araújo comentou a atribuição do prémio Nobel da Literatura a Bob Dylan, na Edição da Noite da SIC Notícias. E interpretou também "The Times They Are A-Changin'".

  • "Sempre tive uma grande admiração pelo Dylan"
    6:03

    Cultura

    O compositor e cantor norte-americano Bob Dylan, 75 anos, foi distinguido hoje com o Nobel da Literatura, por "ter criado novas expressões poéticas no âmbito da música norte-americana", justificou a Academia Sueca. Sérgio Godinho esteve no Primeiro Jornal e reagiu à atribuição do Nobel a um músico e compositor que muito aprecia desde tenra idade. Entre os vários trabalhos de Dylan, Sérgio Godinho destaca o tema "Like a Rolling Stone", lançado em 1965.

  • Marcelo destaca "militantismo cívico" de Bob Dylan
    0:47

    Cultura

    Bob Dylan ganhou esta quinta-feira o Nobel da Literatura. Além das palavras e da música, o Presidente da República destaca aquilo que chama "o militantismo cívico" do músico. Marcelo Rebelo de Sousa diz ainda que este prémio é um sinal de que os "tempos mudaram".

  • A vida e carreira do Nobel da Literatura
    3:36

    Cultura

    A Academia Sueca surpreendeu tudo e todos na atribuição do Nobel da Literatura, o prémio foi para Bob Dylan. O músico tem 75 anos e nasceu no Estado norte-americano do Minnesota com o nome de Robert Allen Zimmerman. A obra do cantor e compositor influenciou gerações de músicos em mais de 50 anos de carreira. Começou a escrever em criança, aprendeu sozinho a tocar guitarra, piano e harmónica e desde o início da carreira já editou 37 álbuns de estúdio. Barack Obama condecorou Bob Dylan com a maior distinção civil dos Estados Unidos da América.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalaram-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.