sicnot

Perfil

Cultura

Arranca 6ª feira em Lisboa o Festival Utopia, em defesa do jornalismo

www.facebook.com/festivalutopia.pt/

Concertos, debates, sessões de DJ, arte urbana e uma edição especial do Governo-Sombra compõem o primeiro Festival Utopia, que decorre entre sexta-feira e domingo no jardim da Amnistia Internacional, em Campolide, Lisboa, em defesa do jornalismo.

Em comunicado hoje divulgado, o Sindicato dos Jornalistas indica que o objetivo do festival, que o aliou, juntamente com a Casa da Imprensa e o Clube dos Jornalistas, à Átomo - Cooperativa Cultural e Social e à junta de freguesia de Campolide, pretende angariar fundos para a realização do IV Congresso dos Jornalistas, em janeiro do próximo ano, quase duas décadas depois do último.

Sob o lema "Pela dignificação do Jornalismo", o Festival Utopia quer "juntar jornalistas e cidadãos na defesa da causa do jornalismo, que tem como missão servir os cidadãos e contribuir para o bem-estar social", lê-se no documento.

Porque "é preciso avisar toda a gente de que, sem jornalistas, não há jornalismo e, sem jornalismo, não há democracia", como sublinha o sindicato, o festival promove três debates sobre temas como "(Des)confiança", "Missão Possível" e "Bastidores".

O primeiro, intitulado "(Des)confiança", reúne no sábado, às 15:00, os jornalistas Sandra Monteiro (Le Monde Diplomatique), Helena Garrido (freelancer) e José Vítor Malheiros (ex-jornalista e colunista).

Sobre a "Missão Possível", conversam às 17:30 os jornalistas Ana Luísa Rodrigues (RTP), Paulo Pena (Público, Investigate Europe), Tiago Carrasco (freelancer) e Paula Cordeiro (provedora do ouvinte).

Para falar sobre "Bastidores", no domingo, pelas 15:00, estarão presentes Mário Cruz (fotojornalista da Lusa, premiado pela World Press Photo), Sandra Felgueiras (RTP) e Micael Pereira (Expresso, International Consortium of Investigative Journalists).

O quarteto do Governo-Sombra - Ricardo Araújo Pereira, Pedro Mexia, João Miguel Tavares e Carlos Vaz Marques - fará uma edição especial do programa na sexta-feira, pelas 19:00, seguindo-se concertos de João Afonso, Samuel, Jorge Rivotti e UHF e sessões de música com os DJ Fernando Alvim e Filipe Pedro.

No sábado, a partir das 21:00, o Festival Utopia conta com atuações dos Osso Vaidoso (Ana Deus e Alexandre Soares), João Lima, Helena Sarmento, António Portanet e Sebastião Antunes e, depois, música a cargo dos DJ Luís Varatojo e Cláudia Marques Santos.

No domingo, às 18:00, sobe ao palco Janita Salomé, seguido de Filipe Raposo, Ela Vaz, Quiné Teles e, a terminar a noite, os Andarilho 2.0 (Rui Oliveira e DJ Deão).

Lusa

  • "Hoje vi chover lume"
    3:57
  • A Minha Outra Pátria
    29:53
  • Milhares de clientes da CGD vão pagar quase 5€/ mês por comissões de conta
    1:24

    Economia

    Milhares de clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD), que até aqui estavam isentos de qualquer pagamento, vão começar a pagar quase 5 euros por mês por comissões de conta. A medida abrange também reformados e pensionistas e entra em vigor já em setembro. Ainda assim, os clientes com mais de 65 anos e uma pensão inferior a 835 euros por mês continuam isentos.

  • O apelo da adolescente arrependida de ir lutar pelo Daesh

    Daesh

    Uma adolescente alemã que desapareceu da casa dos pais, no estado da Saxónia, esteve entre os vários militantes do Daesh detidos este fim de semana na cidade iraquiana de Mossul. Arrependida do rumo que deu à sua vida, deixou um apelo emocionado em que expressa, repetidamente, a vontade de "fugir" e voltar para casa.

    SIC