sicnot

Perfil

Cultura

Tom Hiddleston confessa que se expressou "de forma deselegante" nos Globos de Ouro

© Mario Anzuoni / Reuters

O ator Tom Hiddleston pediu desculpas pelo discurso de aceitação na cerimónia dos Globos de Ouro e admitiu que se exprimiu de "forma deselegante".

"Estava muito nervoso e as palavras saíram de forma errada. "Sinceramente, a minha única intenção era de saudar a incrível valentia e coragem dos homens e mulheres que trabalham tão incansavelmente para a Unicef Reino Unido, Médicos Sem Fronteiras e Programa Mundial de Alimentos.", escreveu Hiddleston no Facebook.

O ator, de 35 anos, recebeu o prémio de Melhor Ator num Drama de TV pelo seu papel na série "The Night Manager", adaptada de um romance de John le Carre.

No discurso, depois de agradecer ao resto do elenco e ao realizador, controu uma "breve história" sobre "o mais novo país do mundo".

Hiddleston disse à plateia como conheceu alguns membros da organização Médicos Sem Fronteiras no Sudão -, que lhe contaram que assistiram à série enquanto estavam escondidos. O ator confessou que a ideia de que poderia dar algum alívio a pessoas que estão "a consertar o mundo em lugares onde está destruído" o deixa "imensamente orgulhoso".

Após algumas críticas, o ator acabou por considerar ter sido deselegante nos comentários.

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.