sicnot

Perfil

Cultura

Tom Hiddleston confessa que se expressou "de forma deselegante" nos Globos de Ouro

© Mario Anzuoni / Reuters

O ator Tom Hiddleston pediu desculpas pelo discurso de aceitação na cerimónia dos Globos de Ouro e admitiu que se exprimiu de "forma deselegante".

"Estava muito nervoso e as palavras saíram de forma errada. "Sinceramente, a minha única intenção era de saudar a incrível valentia e coragem dos homens e mulheres que trabalham tão incansavelmente para a Unicef Reino Unido, Médicos Sem Fronteiras e Programa Mundial de Alimentos.", escreveu Hiddleston no Facebook.

O ator, de 35 anos, recebeu o prémio de Melhor Ator num Drama de TV pelo seu papel na série "The Night Manager", adaptada de um romance de John le Carre.

No discurso, depois de agradecer ao resto do elenco e ao realizador, controu uma "breve história" sobre "o mais novo país do mundo".

Hiddleston disse à plateia como conheceu alguns membros da organização Médicos Sem Fronteiras no Sudão -, que lhe contaram que assistiram à série enquanto estavam escondidos. O ator confessou que a ideia de que poderia dar algum alívio a pessoas que estão "a consertar o mundo em lugares onde está destruído" o deixa "imensamente orgulhoso".

Após algumas críticas, o ator acabou por considerar ter sido deselegante nos comentários.

  • Coreia do Norte lança novo míssil balístico

    Mundo

    O Pentágono detetou esta sexta-feira mais um lançamento de um míssil balístico por parte da Coreia do Norte. O primeiro-ministro japonês já confirmou o lançamento, que terá atingido a zona económica exclusiva, no Mar do Japão.

  • Menino perdido na Praia da Luz foi levado à GNR por turista
    1:11

    País

    Um menino inglês, de sete anos, esteve desaparecido na quinta-feira na Praia da Luz, no Algarve, depois de se ter perdido dos pais. A GNR colocou duas equipas de investigação no local, mas ao fim de uma hora e meia o rapaz apareceu na esquadra de Lagos acompanhado por um turista a quem terá pedido ajuda.

  • Mais viagens mas menos turistas de Portugal
    1:22

    País

    Os residentes em Portugal - sejam portugueses ou estrangeiros - realizaram quatro milhões de viagens turísticas, só no primeiro trimestre do ano. Um aumento de mais de 6% nas viagens dentro do país face ao período homólogo e de mais de 15% nas viagens para fora, de avião. O estudo é do INE, o Instituto Nacional de Estatística, que permite fazer o retrato mais claro de quem viaja e porquê.

  • Algarve sozinho gera metade dos bens transacionáveis em Portugal
    4:14

    SIC 25 Anos

    O Algarve quase não tem indústria e os especialistas consideram que é excessivamente dependente do turismo. Ainda assim, sozinho contribui com metade do que Portugal gera em bens transacionáveis. A região tem problemas graves, como a falta de médicos e um custo de vida muito alto, mas continua a atrair a maior parte dos turistas e muitos estrangeiros decidem mesmo escolher a região para viver.