sicnot

Perfil

Cultura

Madonna quer adotar mais duas crianças

© Reuters Photographer / Reuter

Madonna abriu esta quarta-feira um processo para adotar mais duas crianças. A cantora recorreu à Justiça na capital do Malawi para conseguir entrar com os papéis para a adoção.

De acordo com o advogado que representa a cantora norte-americana no país africano, ela está a aguardar a sentença judicial.

Em 2006, Madonna adotou David Banda e, em 2009, Mercy James, também do Malawi. A estrela tem dois filhos biológicos, Lourdes e Rocco, de relacionamentos anteriores.

Em 2016, Madonna viu no meio de um processo judicial para disputar a custódia de Rocco com o seu ex-marido, Guy Ritchie. A cantora acabou por perder e o filho de 16 anos mudou-se para Londres, onde vive com o seu pai.

David, Lourdes, Mercy e Rocco

David, Lourdes, Mercy e Rocco

AFP

Em 2013, Madonna explicou a sua decisão em tornar-se numa mãe adotiva.

"Há muitas crianças no mundo sem pais ou famílias para as amar", ela escreveu. "Eu candidatei-me a uma agência internacional de adoção e passei por toda a burocracia, testes e esperas, que toda a gente tem de passar quando quer adotar crianças."

Contudo, a cantora foi desacreditada pela imprensa, com algumas pessoas a questionar a sua aptidão como mãe. "Fui acusada de rapto, tráfico de crianças, de usar a minha fama para passar à frente na fila, de subornar oficiais da justiça, feitiçaria, de tudo."

"Esta foi uma experiência que me abriu os olhos", ela continuou. "Eu podia estar bem com as pessoas a criticarem-me por publicar um livro sobre sexo, ou até mesmo por beijar a Britney Spears numa entrega de prémios, mas não pensei que ia ser castigado por tentar salvar a vida de uma criança."

  • Marinha e Exército dão luz verde ao Aeroporto do Montijo

    País

    De acordo com a edição deste domingo do Diário de Notícias, o Exército e a Marinha já comunicaram à Força Aérea disponibilidade para desocupar parcialmente a base aérea e o Montijo se transformar num num aeroporto complementar ao de Lisboa.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.