sicnot

Perfil

Cultura

Realizador Dennis Villeneuve vai assinar remake de Dune, de Frank Herbert

Joel Ryan

O realizador canadiano Denis Villeneuve foi o escolhido para fazer uma nova adaptação cinematográfica da série de romances de ficção científica Dune, de Frank Herbert, revelou a imprensa norte-americana.

Brian Herbert, filho de Frank Herbert (falecido em 1986), revelou na rede social Twitter que a produtora Legendary Pictures, que tinha adquirido os direitos dos romances para cinema e televisão, assinou contrato com Denis Villeneuve para um projeto de uma série de filmes, mas também para possíveis produções de televisão.

Denis Villeneuve, que está nomeado para os Óscares com "Arrival - Primeiro Encontro", é o segundo realizador que pode levar avante o projeto de adaptação da série de Frank Herbert, depois de David Lynch, que se ficou pela adaptação do primeiro romance de Frank Herbert, numa produção de 1984, e das tentativas de Alejandro Jodorowski, nos anos de 1960, após a publicação da obra, ou de Ridley Scott, na década seguinte.

Considerado um dos mais importantes romances de ficção científica, "Duna" foi publicado em 1965, ao qual se seguiram "O messisas de Duna", "Children of Dune", "God Emperor of Dune", "Heretics of Dune" e "Chapterhouse: Dune".

Dennis Villeneuve é ainda autor dos recentes filmes "Sicário - Infiltrado" e "O homem duplicado", a partir do romance de José Saramago, e acaba de rodar a sequela "Blade Runner 2049".

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.