sicnot

Perfil

Cultura

Kraftwerk em agosto no Festival Neopop em Viana do Castelo

© Vincent West / Reuters

A banda alemã Krafwerk, fundada em 1970, regressa em agosto a Portugal com um concerto em 3D, no âmbito do Neopop Festival, em Viana do Castelo, dedicado à música eletrónica e de dança, anunciou esta sexta-feira a organização.

A organização confirmou em comunicado a informação que circulava há alguns dias sobre o regresso do grupo alemão, um dos primeiros nomes a juntar-se ao cartaz desta edição do Neopop, previsto de 3 a 5 de agosto junto ao Forte de Santiago da Barra.

O regresso dos "pais da eletrónica" - dos quais só permanece um dos membros originais, Ralf Hütter - acontece dois anos depois de dois concertos, com uma componente visual também em 3D, no Coliseu de Lisboa e na Casa da Música, no Porto.

Além dos Kraftwerk, o Neopop contará ainda com as atuações dos também alemães Moderat, do DJ alemão Rodhad, Planetary Assault System - pseudónimo de Luke Slater, figura do tecno britânico -, dos norte-americanos DJ Stingray e Eric Cloutier, do francês Voiski, do produtor londrino Dax J e ainda das artistas Sonja Moonear e Paula Temple.

Lusa

  • Os apelos de Marcelo para a reforma do Estado
    1:36

    País

    O Presidente da República lamentou este sábado que o consenso para uma reforma do Estado seja um sonho adiado. No enceramento do congresso "Portugal no Futuro", Marcelo Rebelo de Sousa apelou a entendimentos em áreas estratégicas e defendeu que é preciso passar as palavras à ação, o quanto antes.

    Débora Henriques

  • Tragédia de Vila Nova da Rainha foi há uma semana
    7:18
  • Escutas da Operação Marquês "não podem servir de prova"
    1:36

    Operação Marquês

    As defesas de José Sócrates e de Ricardo Salgado queixam-se que as escutas do processo Marquês estão infetadas por um vírus informático. Os advogados dizem que tal como estão as escutas não podem servir de prova. No entanto, o Ministério Público diz que estão reunidas as condições para começar a contar o prazo para a abertura de instrução.

    Luís Garriapa

  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52