sicnot

Perfil

Cultura

Damien Chazelle considerado o melhor realizador por "La La Land"

© Phil McCarten / Reuters

O filme "La La Land: Melodia de Amor" voltou a ser o grande vencedor em mais uma crimónia de prémios. Desta vez, da associação de críticos norte-americanos, que decorreu em Los Angeles.

Damien Chazelle, de 32 anos, foi considerado o melhor realizador, pelos seus pares e o mais novo de sempre a receber o prémio.

A estatística mostra que desde 1948 só sete cineastas que foram distinguidos pela associação de realizadores não venceram o Óscar nesta categoria.

Garth Davis ganhou o prémio de melhor realizador pelo primeiro filme: "Lion- A Longa Estrada Para Casa". Também foram distinguidos os realizadores de "O.J.: Made in America", em docuemntário e de "A Guerra dos Tronos", em televisão.

  • Capacetes Brancos agradecem Óscar para filme sobre a guerra na Síria
    1:34

    Óscares 2017

    O Óscar para melhor documentário curto foi atribuído a um filme sobre a guerra na Síria. "The White Helmets" retrata o trabalho dos Capacetes Brancos, uma equipa de voluntários que ajuda no salvamento e resgate de habitantes sírios atingidos pelo conflito no país. O Fundador dos Capacetes Brancos já veio fazer um agradecimento público pela atribuição deste galardão. Raed Saleh diz que é uma motivação para os voluntários que todos os dias arriscam a vida para salvar outras pessoas.

  • O primeiro eclipse solar do ano
    0:57
  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16