sicnot

Perfil

Cultura

Adele domina principais categorias dos Grammy

Chris Pizzello

A cantora britânica Adele venceu este domingo cinco prémios na 59.º edição dos Grammy, incluindo os três principais: melhor álbum ("25"), melhor gravação e melhor canção do ano, ambos por "Hello". A entrega dos prémios decorreu esta noite no Teatro Microsoft de Los Angeles, Califórnia.

Os seus rivais na categoria de melhor álbum do ano eram Beyoncé ("Lemonade"), Justin Bieber ("Purpose"), Drake ("Views") e Sturgill Simpson ("A Sailor's Guide to Earth"), enquanto os seis concorrentes para o prémio de melhor gravação eram Beyoncé ("Formation"), Lukas Graham ("7 Years"), Rihanna e Drake ("Work") e Twenty One Pilots ("Stressed Out")."Beyoncé, adoro-te, emocionas a minha alma todos os dias desde os meus 17 anos.

Quero que sejas a minha mãe", disse a cantora que se tornou a primeira artista da história a alcançar a vitória nas três categorias principais pela segunda vez.

O artista britânico David Bowie, que morreu em janeiro de 2016, foi distinguido a título póstumo com quatro prémios de música Grammy, anunciou a Academia Nacional de Artes de Gravação e Ciência dos Estados Unidos.

Davie Bowie impôs-se nas categorias de melhor atuação rock, melhor álbum de música alternativa, melhor design de capa de disco (partilhado com o diretor artístico Jonathan Barnbrook) e melhor álbum de música clássica (em conjunto com Tom Elmhirst, Kevin Killen, Tony Visconti e Joe LaPorta), todos pelo seu último disco, "Blackstar".Adele foi uma das artistas em palco na atribuição dos prémios.

A cantora, que já na edição do ano passado tinha tido problemas na sua atuação ao vivo, pediu para reiniciar o seu tributo ao cantor George Michael. Adele parou de cantar "Fastlove" de George Michael, que morreu no Natal do ano passado, e atirou ao público: "Não posso estragar isto para ele".

Depois retomou a música e obteve um forte aplauso da multidão. Prince foi outro dos músicos homenageados, com Bruno Mars a interpretar à guitarra "Let's Go Crazy". A banda The Time -- que colaborou com Prince -- interpretou os temas "Jungle Love" e "The Bird".Bruno Mars também foi um dos vencedores de domingo pelo seu trabalho na produção do álbum de Adele.

No início da cerimónia o produtor André Allen Anjos venceu um Grammy de Melhor Gravação Remisturada, tornando-se assim no primeiro português a ser distinguindo com um destes prémios de música.André Allen Anjos, que em 2005 trocou o Porto pelos Estados Unidos, venceu na categoria de Melhor Gravação Remisturada com um 'remix' (remistura) do tema "Tearing me up", de Bob Moses.

O produtor português é um dos fundadores do coletivo RAC (Remix Artist Collective) e esta foi a sua segunda nomeação nos Grammy.


Lista dos premiados:

  • Álbum do ano: "25", Adele.
  • Gravação do ano: "Hello", Adele.
  • Revelação do ano: Chance the Rapper.
  • Melhor canção do ano (prémio compositor): "Hello", Adele e Greg Kurstin.
  • Melhor performance pop a solo: "Hello," Adele.
  • Melhor álbum pop: "25", Adele.
  • Melhor álbum pop tradicional: "Summertime: Willie Nelson Sings Gershwin", Willie Nelson.
  • Melhor performance duo ou grupo pop: "Stressed Out", Twenty One Pilots.
  • Melhor álbum de dança/eletrónico: "Skin", Flume.
  • Melhor canção rock: "Blackstar", David Bowie.
  • Melhor álbum rock: "Tell Me I'm Pretty", Cage the Elephant.
  • Melhor álbum de música alternativa: "Blackstar", David Bowie.
  • Melhor álbum R&B: "Lalah Hathaway Live", Lalah Hathaway.
  • Melhor álbum urbano contemporâneo: "Lemonade," Beyoncé.
  • Melhor álbum rap: "Coloring Book", Chance the Rapper.
  • Melhor álbum country: "A Sailor's Guide to Earth", Sturgill Simpson.
  • Melhor performance country a solo: "My Church", Maren Morris.
  • Melhor álbum jazz vocal: "Take Me to the Alley", Gregory Porter.
  • Melhor álbum jazz instrumental: "Country for Old Men", John Scofield.
  • Melhor compilação de banda sonora para visual media: "Miles Ahead", Miles Davis & vários artistas
  • Produtor do ano, não clássico: Greg Kurstin.
  • Melhor vídeo de música: "Formation", Beyoncé.
  • Paulo Fonseca e Paulo Sousa fora da Liga Europa

    Liga Europa

    A segunda mão dos 16 avos-de-final da Liga Europa ficou marcada pelas eliminações de duas equipas treinadas por portugueses: a Fiorentina de Paulo Sousa e o Shakhtar Donetsk de Paulo Fonseca. Paulo Bento, no Olympiacos, e José Mourinho, no Manchester United, são os únicos técnicos lusos ainda em competição. Noutros jogos, destaque para os afastamentos do Tottenham e do Zenit. Veja aqui os resumos de todos os encontros desta noite europeia. O sorteio dos oitavos-de-final está agendado para esta sexta-feira, às 12h00, hora de Lisboa.

  • "Não preciso de ajustar contas com ninguém"
    0:49

    País

    O ex-Presidente da República insiste que José Sócrates foi desleal durante as negociações do Orçamento do Estado para 2011. Numa entrevista dada à RTP1, Cavaco Silva esclareceu ainda que não escreveu o livro de memórias para ajustar contas com o ex-primeiro-ministro.

  • Sócrates em processo judicial surpreende Cavaco
    0:18

    País

    Cavaco Silva afirmou ter ficado surpreendido com o envolvimento de José Sócrates num processo judicial. Em entrevista à RTP1 o ex-Presidente da República diz que nunca se apercebeu de qualquer "atuação legalmente menos correta" da parte de Sócrates.

  • PSD questiona funcionamento da Assembleia da República
    2:39

    Caso CGD

    O PSD e o CDS vão entregar esta sexta-feira no Parlamento o pedido para criar uma nova Comissão de Inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos. Os dois partidos reuniram-se esta quarta-feira para fechar o texto do requerimento. Durante o dia, o PSD considerou que o normal funcionamento da Assembleia da República está em causa, o que levou Ferro Rodrigues a defender-se e a garantir que está a ser imparcial.

  • Marcelo rejeita discussões menores na banca
    0:32

    Economia

    O Presidente da República avisa que não se devem introduzir querelas táticas e menores no sistema financeiro. Num encontro que reuniu publicamente Marcelo e Centeno, o Presidente diz que é preciso defender o interesse nacional.

  • Três dos planetas encontrados podem conter água e vida
    3:28
  • Túnel descoberto em cadeia brasileira tinha ligação a uma habitação
    0:44

    Mundo

    A polícia brasileira descobriu um túnel que ligava a cadeia de Porto Alegre a uma casa e serviria para libertar prisioneiros do estabelecimento. As autoridades detiveram sete homens e uma mulher no local. A construção permitiria uma fuga massiva que poderia chegar aos 200 mil fugitivos e estima-se que terá custado mais de 300 mil euros. A polícia do Rio Grande do Sul acredita, assim, ter impedido aquela que seria a maior fuga de prisioneiros de sempre no Estado brasileiro.

  • Secretário da Segurança Interna dos EUA desmente Donald Trump

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, afirmou esta quinta-feira que os esforços do seu Governo para expulsar alguns imigrantes ilegais dos Estados Unidos "são uma operação militar", afirmação contrariada pelo seu secretário da Segurança Nacional no México.