sicnot

Perfil

Cultura

Galã das novelas brasileiras vende agora sanduíches na praia

Rita Ferro

Jornalista

Mário Gomes foi um dos maiores galãs da Globo da década de 1980. Hoje, com 64 anos, foi fotografado a vender sanduíches na praia da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Lembra-se deste galã das novelas "Vereda Tropical" e "Guerra dos Sexos"?

A última novela em que Mário Gomes participou foi "Pecado Mortal", na Record, em 2013. Ainda tentou o teatro mas a experiência não correu bem. Em declarações ao jornal Extra, Mário Gomes afirmou que está a fazer "uma experiência e a preparar-se para investir em food truck".

"Gosto de fazer, mas acho que tudo tem seu tempo, e estou curtindo muito essa minha vida atual, e não aquela coisa mais constante, aquele massacre. Parece fácil a vida de ator, mas é puxado", revelou.

Mário Gomes conta com o filho de 10 anos nesta aventura, que o acompanha a tocar viola, onde vende sanduíches e batatas fritas num carrinho de praia.

A última aparição na televisão aconteceu na série 'Magnífica 70', da HBO. Há-de voltar à representação e diz também que vai dar formação de Cinema e Vídeo. Os fãs acreditam que o actor volte na terceira temporada da série. Entretanto diz-se muito feliz nesta nova vida.

"A gente devia ter duas vidas, uma para ensaiar e a outra para viver".

Mário faz ainda trabalho voluntário com idosos no Retiro dos Artistas.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.