sicnot

Perfil

Cultura

Polícia angolana à porta dos cinemas para impedir menores em "As cinquenta sombras mais negras"

As autoridades angolanas estão a considerar seriamente colocar polícias à porta dos cinemas para impedir a entrada de menores para o filme "As cinquenta sombras mais negras".

Em comunicado, o Ministério da Cultura de Angola faz saber que "está a desenvolver esforços com instituições competentes, como a Polícia Nacional, para o devido acompanhamento (...) o Ministério da Cultura solicita aos agentes do sector da distribuição e exibição a tomarem medidas no sentido de inserir os filmes com conteúdo erótico ou pornográfico em horários adequados, devendo ser impedida a entrada de menores em tais sessões".

A trilogia "As cinquenta sombras", escrita pela autora britânica E. L. James, chegou ao cinema em 2015. A realização é de James Foley que também já está a finalizar "Cinquenta sombras - Livre", filme baseado no último livro da trilogia e que deverá chegar aos cinemas em 2018.

Do elenco de "As cinquenta sombras mais negras" fazem parte, além de Dakota Johnson e Jamie Dornan nos papéis principais, atores como Bruce Altman, Kim Basinger, Rita Ora, Eric Johnson ou Luke Grimes.

Em Angola, o filme está classificado para maiores de 16 anos, mas o Ministério da cultura apela "aos pais e encarregados de educação a reforçarem a sensibilização para os valores morais e cívicos e estarem atentos aos passos dados pelos filhos menores, sobretudo em saídas não acompanhadas por adultos.

Está em exibição desde 9 de fevereiro com sessões à tarde em duas redes de salas de cinema. Uma delas, a Zap filmes, é propriedade de Isabel dos Santos, filha do Presidente e uma das mulheres mais ricas de África.

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    1:41
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.

  • A SIC visitou os bastidores do Santuário de Fátima
    7:43
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52