sicnot

Perfil

Cultura

Vários músicos já lamentaram a morte de Chris Cornell

Amy Harris

A notícia da morte do músico que criou o movimento grunge nos anos 90 foi um choque para os familiares, mas também para vários músicos e fãs. Chris Cornell ter-se-á enforcado na quarta-feira à noite, após um concerto em Detroit, nos EUA.

Chris Cornell formou a banda Audioslave em 2002, com os elementos dos Rage Against the Machine Tom Morello, Tim Commerford e Brad Wilk, após ter formado a banda Soundgarden e ter dado início ao movimento grunge que marcou os anos 90.

O agente de Chris Cornell afirmou que o músico tinha dado um concerto na quarta-feira à noite e sublinhou que a morte foi "repentida e inesperada", citado pela BBC.

A agência de notícias Associated Press avançou que os médicos legistas revelaram que o músico terá provocado a sua própria morte, pouco tempo depois de ter dado um concerto na quarta-feira à noite com a banda Soundgarden, em Detroit.

Chris Cornell atuou pela primeira vez a solo em Portugal, em 2009, no palco principal do festival Optimus Alive, em Algés.

O músico estava recentemente em digressão pelos Estados Unidos da América com a antiga banda Soundgarden.

Vários músicos já lamentaram a morte do ícone que dedicou a sua vida ao movimento grunge.

  • Furacão Maria deixa rasto de destruição em Porto Rico
    1:16
  • Sabe onde fica a Nambia? Algures em África, segundo Trump

    Mundo

    "O sistema de saúde na Nambia é incrivelmente autossuficiente", declarou o Presidente dos Estados Unidos num discurso proferido num almoço com líderes africanos. No encontro, realizado esta quarta-feira à margem da 72.ª Assembleia-Geral da ONU, em Nova Iorque, Donald Trump repetiu o erro. Os utilizadores das redes sociais não perdoaram mais este "lapso" do chefe de Estado norte-americano.

  • DGS garante que não há perigo de dengue
    2:09
  • Ambiente e direitos humanos dominam discurso de Costa na ONU
    2:03
  • Episódio da Abelha Maia censurado por queixas de obscenidade

    Cultura

    A plataforma digital Netflix viu-se obrigada a retirar um episódio da Abelha Maia depois das queixas de pais norte-americanos por causa de um "desenho obsceno", em forma de pénis. Aparentemente, terá sido só removido para quem acede nos EUA dado que, ao que a SIC pôde constatar, a partir de Portugal o episódio 35 está disponível.

  • Yoko Ono obriga limonada "John Lemon" a mudar de nome

    Cultura

    A viúva do Beatle John Lennon ameaçou processar uma empresa de bebidas polaca por causa da limonada "John Lemon". Yoko Ono não terá gostado do trocadilho entre Lennon e Lemon (limão, em inglês) e quer ver toda e qualquer garrafa com este rótulo retirada do mercado.