sicnot

Perfil

Desporto

Rui Quinta deixa o Penafiel e é sétima "chicotada psicológica" da época

O treinador Rui Quinta protagonizou hoje a sétima "chicotada psicológica" na I Liga de futebol, ao deixar o comando técnico Penafiel, clube que já esta temporada tinha dispensado Ricardo Chéu.

A saída de Rui Quinta foi anunciada um dia depois da derrota 'caseira' com o Rio Ave (2-0), em jogo da 25.ª jornada da I Liga, que mantém a equipa no último lugar da competição, com 16 pontos, a três do penúltimo, o Gil Vicente.

O clube, que dispensou na quarta jornada Ricardo Chéu e contratou Rui Quinta, ainda não anunciou o nome do substituto.

Rui Quinta tornou-se no sétimo técnico a ser dispensado na presente edição da I Liga, sendo a sua saída anunciada duas jornadas depois de José Couceiro ter deixado o comando técnico do Estoril-Praia.

A demissão de José Couceiro, que entretanto foi substituído por Fabiano Soares, surgiu um dia depois de o Marítimo também ter anunciado, após a 23.ª jornada, a rescisão com Leonel Pontes.

Antes de José Couceiro e Leonel Pontes, Paulo Sérgio tinha sido dispensado pela Académica após a 21.ª jornada, tendo deixado então os 'estudantes', que passaram a ser liderados, interinamente, por José Viterbo.

As alterações nas equipas técnicas do primeiro escalão começaram logo ao fim da terceira jornada, quando José Mota substituiu no Gil Vicente João de Deus, que orienta atualmente o Sporting B.

Na jornada seguinte, foi a vez de Ricardo Chéu, que agora treina o Académico de Viseu, deixar o Penafiel, e, à 17.ª ronda, Domingos Paciência deixou o Vitória de Setúbal, agora orientado por Bruno Ribeiro.

 
Lusa
  • "Serei o Presidente de todos os angolanos"
    2:06
  • Costa de Metro de Odivelas para Lisboa para relembrar corrida entre burro e Ferrari
    2:55

    Autárquicas 2017

    António Costa começou hoje o dia de campanha em Odivelas, para uma viagem de Metro até Lisboa, em que recordou a célebre corrida entre um burro e um Ferrari que protagonizou em 1993 quando foi canditado do PS à Câmara de Loures. Foi nesta cidade, onde ontem à noite, que desferiu um violento ataque a Pedro Passos Coelho, acusando-o de transformar o PSD num partido que não é digno de um Estado democrático.

  • O aeroporto de Beja, um "elefante branco" na planície alentejana
    4:33
  • Supervisão bancária origina novo diferendo entre Carlos Costa e Governo
    0:57

    Economia

    Reacendeu-se a guerra entre o Governo e o governador do Banco de Portugal. Em conferência na sede do banco, esta segunda-feira, Carlos Costa deixou uma crítica indireta ao novo modelo de supervisão bancária. O ministro das Finanças, Mário Centeno, não gostou e exigiu a Carlos Costa que se retratasse, mas o governador recusou-se.

  • Paciente há 15 anos em estado vegetativo consegue seguir objetos e mexer a cabeça

    Mundo

    Um homem de 35 anos, que ficou em estado vegetativo após um acidente de viação há 15 anos, deu sinais de consciência depois de lhe ter sido aplicada uma nova técnica de estimulação nervosa. Cirurgiões implantaram no paciente um pequeno aparelho que estimula o nervo vago, responsável pela ligação nervosa entre o cérebro e o resto do corpo. A intervenção aconteceu em França e a descoberta foi publicada na revista científica Current Biology.