sicnot

Perfil

Desporto

Rui Quinta deixa o Penafiel e é sétima "chicotada psicológica" da época

O treinador Rui Quinta protagonizou hoje a sétima "chicotada psicológica" na I Liga de futebol, ao deixar o comando técnico Penafiel, clube que já esta temporada tinha dispensado Ricardo Chéu.

A saída de Rui Quinta foi anunciada um dia depois da derrota 'caseira' com o Rio Ave (2-0), em jogo da 25.ª jornada da I Liga, que mantém a equipa no último lugar da competição, com 16 pontos, a três do penúltimo, o Gil Vicente.

O clube, que dispensou na quarta jornada Ricardo Chéu e contratou Rui Quinta, ainda não anunciou o nome do substituto.

Rui Quinta tornou-se no sétimo técnico a ser dispensado na presente edição da I Liga, sendo a sua saída anunciada duas jornadas depois de José Couceiro ter deixado o comando técnico do Estoril-Praia.

A demissão de José Couceiro, que entretanto foi substituído por Fabiano Soares, surgiu um dia depois de o Marítimo também ter anunciado, após a 23.ª jornada, a rescisão com Leonel Pontes.

Antes de José Couceiro e Leonel Pontes, Paulo Sérgio tinha sido dispensado pela Académica após a 21.ª jornada, tendo deixado então os 'estudantes', que passaram a ser liderados, interinamente, por José Viterbo.

As alterações nas equipas técnicas do primeiro escalão começaram logo ao fim da terceira jornada, quando José Mota substituiu no Gil Vicente João de Deus, que orienta atualmente o Sporting B.

Na jornada seguinte, foi a vez de Ricardo Chéu, que agora treina o Académico de Viseu, deixar o Penafiel, e, à 17.ª ronda, Domingos Paciência deixou o Vitória de Setúbal, agora orientado por Bruno Ribeiro.

 
Lusa
  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.