sicnot

Perfil

Desporto

Serge Aurier pede desculpas por ter insultado árbitro do Chelsea-PSG

O jogador do Paris Saint-Germain Serge Aurier pediu esta terça-feira desculpas por ter insultado o árbitro holandês Bjorn Kuipers após o final do jogo entre os gauleses e o Chelsea, da Liga dos Campeões em futebol.

"Peço perdão ao Sr. Kuipers, aos seus assistentes, bem como a todos os funcionários pela minha reação após o jogo com o Chelsea", escreveu, desta vez no twitter, o defesa costa-marfinense (na imagem), que não se deslocou a Londres para a partida da segunda mão dos oitavos de final por se encontrar lesionado. (Arquivo)

"Peço perdão ao Sr. Kuipers, aos seus assistentes, bem como a todos os funcionários pela minha reação após o jogo com o Chelsea", escreveu, desta vez no twitter, o defesa costa-marfinense (na imagem), que não se deslocou a Londres para a partida da segunda mão dos oitavos de final por se encontrar lesionado. (Arquivo)

Natacha Pisarenko / AP

"Peço perdão ao Sr. Kuipers, aos seus assistentes, bem como a todos os funcionários pela minha reação após o jogo com o Chelsea", escreveu, desta vez no twitter, o defesa costa-marfinense, que não se deslocou a Londres para a partida da segunda mão dos oitavos de final por se encontrar lesionado.

No final da partida, que seguiu através da televisão na sua residência em Paris, gravou imagens em que aparece junto ao televisor a chamar ao árbitro "sujo e filho da p..." e colocou-as na sua conta no facebook, o que motivou a abertura de um procedimento disciplinar por parte da UEFA.

O PSG eliminou o Chelsea e garantiu um lugar nos quartos de final da Liga dos Campeões graças ao empate a dois golos em Stamford Bridge, depois de ter empatado a um no jogo da primeira mão no Parque dos Príncipes. 

O árbitro Bjorn Kuipers teve uma decisão controversa ao expulsar na primeira parte o colega de Aurier, o sueco Zlatan Ibrahimovic, na sequência de um 'carrinho' sobre o brasileiro Óscar, do Chelsea.

A retratação do jogador da Costa do Marfim, de 22 anos, que chegou ao ponto de se confessar arrependido e de reconhecer o quão difícil é o trabalho dos árbitros, antecipa a previsível ação disciplinar da UEFA, que irá tomar uma decisão sobre este caso na próxima quinta-feira.    

"Eu e os meus colegas temos vindo a lutar para reforçar a imagem de Paris e da França no contexto do futebol europeu. A minha atitude, obviamente, não contribui para isso", reconheceu Aurier, para quem a "paixão pelo futebol e a frustração por estar lesionado" levaram a ter aquela reação, a qual "não devia ter acontecido". 
Lusa
  • A Verdade sobre a Mentira
    35:13
  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • "A Venezuela sofreu um Madurazo"
    0:32
  • "Leiam os meus lábios. Não!"
    0:12

    Mundo

    Vladimir Putin participou esta quinta-feira numa conferência, no Ártico. Questionado sobre se a Rússia tinha interferido nas últimas eleições dos Estados Unidos da América, o Presidente voltou a negar qualquer interferência, com uma frase que pensava pertencer a Ronald Reagan, mas que na verdade foi proferida por George Bush.

  • A provocação de Juncker a Trump
    0:40

    Mundo

    Jean-Claude Juncker lançou esta quinta-feira uma provocação a Donald Trump. No último dia do congresso do PPE, o presidente da Comissão Europeia disse que, se Trump incentivar outros países a sair da União Europeia, ele próprio vai apoiar a independência do Ohio e do Texas