sicnot

Perfil

Desporto

FC Porto volta ao trabalho sem 11 internacionais

O FC Porto voltou hoje ao trabalho desfalcado de 11 futebolistas internacionais, pelo que 10 elementos da equipa B foram chamados por Julen Lopetegui para iniciar a preparação do jogo com o Marítimo.

(Arquivo)

(Arquivo)

Lusa

A visita aos madeirenses, a 2 de abril, para a meia-final da Taça da Liga, começou a ser preparada no Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia sem boa parte da equipa habitualmente titular, com 11 elementos ao serviço de diversas seleções.

Os defesas Danilo (Brasil), Martins Indi (Holanda) e Reyes (México), os médios Herrera (México), Óliver Torres (Espanha sub-21) e Rúben Neves (Portugal sub-21) e os avançados Brahimi (Argélia), Quaresma (Portugal), Quintero (Colômbia), Aboubakar (Camarões) e Ricardo (Portugal sub-21) estão ao serviço das respetivas seleções.

O extremo espanhol Tello esteve ausente por motivos pessoais, enquanto o compatriota Adrián López, que recupera de lesão, realizou treino condicionado e trabalho de ginásio. 

O colombiano Jackson Martínez realizou tratamento e fez trabalho de ginásio, enquanto o espanhol Campaña, a contas com uma tendinite no adutor direito, também ficou pelo ginásio.

Estas ausências permitiram aos defesas David Bruno, Zé António, Leander Siemann e Diego Carlos, aos médios Leandro Silva, João Graça e Pité e aos avançados Roniel, Frédéric e Anderson, todos da equipa "B", mostrar-se ao treinador.

O FC Porto volta a treinar quarta-feira, novamente no Olival, às 10:30, com 15 minutos abertos à comunicação social.

Lusa

  • Portugal vai fechar fronteiras durante a visita do Papa

    País

    O Conselho de Ministros aprovou hoje a reposição temporária do controlo de fronteiras durante a visita do papa Francisco em maio a Fátima. A reposição do controlo de fronteiras decorrerá entre 00:00 de 10 de maio e as 00:00 de 14 de maio.

  • "Civis devem ser prioridade absoluta no Iraque", diz Guterres

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, chegou hoje ao Iraque para abordar a situação da ajuda humanitária, e pediu que a proteção dos civis seja a "prioridade absoluta" à medida que as forças iraquianas batalham para retomar Mossul.

  • Fomos conhecer o novo Samsung S8
    1:42
  • E depois do Brexit?
    3:42
  • Britânicos a viver no Algarve falam em desilusão
    2:32

    Brexit

    Para muitos dos britânicos que vivem no Algarve, o Brexit é a confirmação de que o resultado surpreendente do referendo não tem retorno. Certificados de residência e até a dupla nacionalidade são questões que a partir de agora passam a estar em cima da mesa.