sicnot

Perfil

Desporto

FC Porto volta ao trabalho sem 11 internacionais

O FC Porto voltou hoje ao trabalho desfalcado de 11 futebolistas internacionais, pelo que 10 elementos da equipa B foram chamados por Julen Lopetegui para iniciar a preparação do jogo com o Marítimo.

(Arquivo)

(Arquivo)

Lusa

A visita aos madeirenses, a 2 de abril, para a meia-final da Taça da Liga, começou a ser preparada no Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia sem boa parte da equipa habitualmente titular, com 11 elementos ao serviço de diversas seleções.

Os defesas Danilo (Brasil), Martins Indi (Holanda) e Reyes (México), os médios Herrera (México), Óliver Torres (Espanha sub-21) e Rúben Neves (Portugal sub-21) e os avançados Brahimi (Argélia), Quaresma (Portugal), Quintero (Colômbia), Aboubakar (Camarões) e Ricardo (Portugal sub-21) estão ao serviço das respetivas seleções.

O extremo espanhol Tello esteve ausente por motivos pessoais, enquanto o compatriota Adrián López, que recupera de lesão, realizou treino condicionado e trabalho de ginásio. 

O colombiano Jackson Martínez realizou tratamento e fez trabalho de ginásio, enquanto o espanhol Campaña, a contas com uma tendinite no adutor direito, também ficou pelo ginásio.

Estas ausências permitiram aos defesas David Bruno, Zé António, Leander Siemann e Diego Carlos, aos médios Leandro Silva, João Graça e Pité e aos avançados Roniel, Frédéric e Anderson, todos da equipa "B", mostrar-se ao treinador.

O FC Porto volta a treinar quarta-feira, novamente no Olival, às 10:30, com 15 minutos abertos à comunicação social.

Lusa

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07

    Mundo

    O Conselho de Segurança das Nações Unidas chegou este sábado a acordo sobre o cessar-fogo na Síria, depois de três dias de intensas negociações para evitar o veto da Rússia. As tréguas vão durar 30 dias e permitir a entrada de ajuda humanitária em Ghouta Oriental, a região mais atingida pela guerra na Síria, nesta altura. Em apenas sete dias, os bombardeamentos do regime fizeram mais de 500 mortos.

  • Portugueses e espanhóis protestam em Salamanca contra mina de urânio
    0:38

    País

    O Bloco de esquerda desafia o Governo português a exigir às autoridades espanholas uma avaliação do impacto ambiental da mina de urânio a 40 quilómetros da fronteira portuguesa. Este caso está gerar contestação entre os ambientalistas. Várias associações portuguesas participaram este sábado numa manifestação em Salamanca. A Quercus diz-se preocupada com o impacto da mina de urânio no território português.

  • PS e PSD querem acordo sobre fundos e descentralização até ao verão
    3:07
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de três armas da PSP, recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avança hoje que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • As gravações que provam que as autoridades conheciam o perfil violento de Nikolas Cruz
    1:35