sicnot

Perfil

Desporto

Nadador sul-coreano, suspenso por doping, poderá ir ao Rio2016 "se pedir desculpa"

O campeão olímpico sul-coreano de natação Park Tae-hwan, suspenso 18 meses por doping, poderá estar nos Jogos do Rio, em 2016, caso peça desculpa, disse esta quarta-feira o presidente da Federação de Natação da Coreia do Sul.

Campeão olímpico em 2008, o nadador sul-coreano foi suspenso por 18 meses pela Federação Internacional de Natação (FINA) por não ter comparecido a um teste de doping, depois de já ter tido uma análise positiva fora da competição, em setembro passado. (Arquivo)

Campeão olímpico em 2008, o nadador sul-coreano foi suspenso por 18 meses pela Federação Internacional de Natação (FINA) por não ter comparecido a um teste de doping, depois de já ter tido uma análise positiva fora da competição, em setembro passado. (Arquivo)

© David Gray / Reuters

Campeão olímpico em 2008, o nadador sul-coreano foi suspenso por 18 meses pela Federação Internacional de Natação (FINA) por não ter comparecido a um teste de doping, depois de já ter tido uma análise positiva fora da competição, em setembro passado.

"Vamos esperar que Park peça desculpa aos coreanos e depois disso tomaremos uma decisão, de acordo com os desejos da nossa sociedade", disse o presidente da federação local, Lee Ki-Heung.

A suspensão de Park termina a 2 de março de 2016, o que lhe permitiria estar no Rio2016, mas o Comité Olímpico Sul-Coreano criou em 2014 uma norma que obriga que atletas com testes positivos de doping fiquem afastados da competição por três anos.

"Haverá oportunidades para debater essa norma", disse o líder federativo, abrindo a porta a uma exceção para o mais laureado dos nadadores sul-coreanos.

Park conquistou a medalha de ouro nos 400 metros livres e a medalha de prata nos 200 nos Jogos Olímpicos de Pequim2008, tornando-se no primeiro nadador sul-coreano a obter uma medalha olímpica. 

Nos Jogos Olímpicos de Londres2012 viria a conquistar também a medalha de prata naquelas duas provas, além dos títulos mundiais nos 400 metros em 2007 e 2011.
Lusa
  • Os momentos que marcaram o 7.º dia de Mundial
    1:08
  • "Ronaldos nascem na Rússia como cogumelos"
    1:49
  • Os momentos descontraídos dos jogadores
    1:54
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O humor russo
    1:32
  • Schulz responde a Trump: "é um especialista em estatísticas criminais"

    Mundo

    "Donald Trump é um especialista em estatísticas criminais: pagamentos a estrelas porno, contactos ilegais com russos e diretores de campanha presos". Foi assim que o deputado alemão Martin Schulz respondeu ao Presidente norte-americano, depois de este ter afirmado várias vezes que a criminalidade na Alemanha aumentou devido à imigração.

    SIC

  • "Vou pedir a alguém que dê esta notícia por mim". Jornalista emociona-se com o caso dos bebés mexicanos separados das famílias
    0:49