sicnot

Perfil

Desporto

Sebastian Vettel vence Grande Prémio de Fórmula 1 da Malásia

 O alemão Sebastian Vettel, quatro vezes campeão mundial, venceu hoje o Grande Prémio da Malásia, em Sepang, segunda prova do Campeonato do Mundo de Fórmula 1 de 2015.

© Reuters Staff / Reuters

© Reuters Staff / Reuters

© Reuters Staff / Reuters

© Reuters Staff / Reuters

© Reuters Staff / Reuters

© Reuters Staff / Reuters

Vettel, que terminou à frente dos Mercedes de Lewis Hamilton (segundo) e Nico Rosberg (terceiro), deu o primeiro triunfo à Ferrari desde 12 de maio de 2013, quando o espanhol Fernando Alonso venceu em Barcelona.


No Mundial de pilotos, e após duas provas, o britânico Lewis Hamilton, detentor do título, ainda lidera, com 43 pontos, contra 40 de Vettel e 33 do também alemão Rosberg.

Lusa
  • Chamas passaram por cima da A23
    1:06

    País

    A A23 esteve cortada ao longo do dia por causa do fumo e das chamas. Em direto para a SIC Notícias, perto das 18h30, os repórteres da SIC presenciaram o momento em que o fogo passou por cima da autoestrada da Beira Interior.

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira