sicnot

Perfil

Desporto

FC Porto vende Danilo ao Real Madrid por 31,5 milhões de euros

O brasileiro Danilo vai trocar o FC Porto pelo Real Madrid, a troco de 31,5 milhões de euros, e vai assinar um contrato válido por seis anos com o clube espanhol de futebol.

Danilo chegou aos azuis e brancos na época 2011/2012.

Danilo chegou aos azuis e brancos na época 2011/2012.

© Arnd Wiegmann / Reuters

Depois de o FC Porto ter anunciado a transferência do internacional brasileiro, o Real Madrid comunicou hoje que Danilo "vai incorporar-se na próxima temporada e ficará vinculado ao clube até 30 de junho de 2021".

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, o FC Porto informou que "chegou a um acordo com o Real Madrid para a cedência, a título definitivo, dos direitos de inscrição desportiva do jogador profissional de futebol Danilo pelo valor de 31.500.000 euros".

O defesa direito, de 23 anos, está a cumprir a quarta época no FC Porto, ao qual chegou em janeiro de 2012, proveniente do Santos, com um valor de transferência de 17,8 milhões, o que fez dele o segundo jogador mais caro do futebol português, depois do compatriota Hulk.

Danilo, que no Brasil também representou o América Mineiro, é o jogador mais utilizado esta época no plantel portista, com 34 jogos em todas as competições, sempre como titular, e quatro golos marcados.
Com Lusa
  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • Estarão os portugueses a consumir vitamina D em excesso? 
    6:44
  • Investigadores criam nanovacina contra diferentes cancros

    Mundo

    Investigadores da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, desenvolveram uma nanovacina (vacina administrada através de partículas microscópicas) contra diferentes cancros, como o da pele, do cólon e do reto, numa experiência com ratos, revela um estudo publicado esta segunda-feira.