sicnot

Perfil

Desporto

Final da Taça da Liga marcada para 28 de maio

A Comissão Executiva da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) deliberou marcar o jogo da final da Taça da Liga entre o Benfica e o Marítimo para o dia 28 de maio, em Coimbra, informou hoje o organismo. A primeira data da final era 25 de abril, no mesmo fim de semana do clássico Benfica-FC Porto.

HOMEM DE GOUVEIA

A decisão foi tomada após a obtenção de um acordo por parte das SAD do Benfica e do Marítimo, faltando apenas indicar a hora da partida, o que será feito oportunamente. 

A LPFP informa ainda que os jogos da 30.ª jornada na I Liga de futebol se disputarão no dia e à hora oficial, ou seja, a 26 de abril.

A final da Taça da Liga chegou a estar marcada para o dia 25 de abril, véspera da data prevista para a realização da 30.ª jornada da Liga que inclui o 'clássico' entre o Benfica e o FC Porto, na Luz, que pode ser decisivo para a atribuição do título.

A cumprir-se esta calendarização obrigaria a Liga a adiar os jogos da 30.ª jornada entre o Benfica e o FC Porto, na Luz, e entre o Estoril e o Marítimo, na Amoreira, programados para 26 de abril. 

A data agora escolhida para a realização da final ocorre logo após a 34.ª e última jornada do campeonato, a qual inclui a receção do Benfica ao Marítimo, o que significa que as duas equipas se vão encontrar duas vezes no espaço de quatro dias. 


Com Lusa
  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John Mccain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06