sicnot

Perfil

Desporto

Líder dos árbitros espera que diferendo com Liga se resolva "sem posições extremas"

O presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) disse hoje esperar que o diferendo entre os árbitros, que pediram dispensa para as últimas cinco jornadas, e a Liga se resolva sem chegar "a posições extremas". 

Bruno Paixão volta a dirigir um jogo do Sporting na I Liga de Futebol

Bruno Paixão volta a dirigir um jogo do Sporting na I Liga de Futebol

REUTERS

"Em sede própria trataremos deste assunto e tentaremos que as coisas não tenham que tomar essas posições extremas", disse José Fontelas Gomes à agência Lusa.

 

Em causa está o não pagamento do valor oriundo do principal patrocínio da Liga de clubes, que é exibido nas camisolas dos árbitros que atuam nas duas ligas profissionais.

 

"Já temos vindo a falar do assunto há bastante tempo e continuamos a querer falar e dialogar sobre ele. Vamos obviamente tentar que as coisas se resolvam dentro do diálogo e em sede própria. Acredito que se resolva", disse.


Lusa

  • "Joguem à bola"
    1:35

    Desporto

    Cerca de uma centena de adeptos do Sporting esperaram até perto das 3:00 pela chegada da equipa ao estádio de Alvalade. Depois da eliminação da Taça de Portugal, em Chaves, foi necessário o reforço policial para garantir a segurança da comitiva leonina.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Obama encurta pena de delatora do Wikileaks
    1:45
  • Putin sai em defesa de Trump
    2:29

    Mundo

    Vladimir Putin já saiu em defesa de Donald Trump e diz que houve uma tentativa de minar o Presidente eleito dos Estados Unidos, através de um alegado relatório, atribuido à espionagem russa. Putin diz que o relatório é falso.