sicnot

Perfil

Desporto

Pai de Jules Bianchi assume "tortura diária"

O pai de Jules Bianchi assumiu hoje a "tortura diária" vivida pelo piloto francês e pela sua família desde o grave acidente ocorrido a 05 de outubro de 2014, durante o Grande Prémio do Japão de Fórmula 1.

© Issei Kato / Reuters

"O nosso universo entrou em colapso no dia 05 de outubro de 2014", sintetizou Philippe Bianchi, em entrevista ao jornal francês Nice-Martin, aludindo ao embate do piloto da Marussia com a grua que estava a tentar remover o carro do alemão Adrian Sutil (Sauber), que se tinha despistado no local.

O jovem, de 25 anos, permanece em coma, respirando agora sem assistência, numa unidade hospitalar de Nice, para onde foi transferido depois dos cuidados iniciais no hospital de Mie, no Japão, mas o seu pai decidiu partilhar o seu estado "por respeito a todas as pessoas que continuam a enviar diariamente a Jules desejos e mensagens encorajadoras".  

"Jules é jovem. Ele é muito forte fisicamente, pois sobreviveu a um choque muito grande. Tenho muito orgulho dele, sempre tive. Temos esperança de evolução. De tempo em tempo, ao lado dele na cama, vemos que as coisas estão a acontecer. Às vezes ele fica mais ativo, mexe-se mais e a sua mão treme. Mas será mero reflexo ou algo real? É difícil saber. O mais importante é que ele está a ser acompanhado por excelentes especialistas", referiu Philippe Bianchi.

O pai do piloto assume a "dor infinita" a "tortura diária" perante a incerteza sobre a recuperação do filho, cuja condição, "do ponto de vista médico, é estável, é bastante autónoma, sem nenhum problema físico". 

"Todos os órgãos estão a trabalhar sem assistência. Mas, por enquanto, ele permanece inconsciente, em coma", sublinhou, acrescentando que os médicos asseguram não haver qualquer intervenção neurológica a fazer.

"O mais importante é estimular o Jules, para que ele sinta uma presença constante ao seu lado. É por isso que nos revezamos a cada dia, a mãe, a irmã, o irmão e eu. Ele também tem Gina, a namorada, que vive aqui agora", realçou Philippe Bianchi, agradecendo a "motivação fabulosa" de todos os que pensam e rezam pelo seu filho.









Lusa
  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espirito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espirito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Mais de 60% dos jovens não usam preservativo e 1/4 acredita que SIDA transmite-se pelos talheres
    1:42
  • Dissonâncias entre EUA e Europa "podem ser ultrapassadas"
    1:04

    Mundo

    O ministro dos Negócios Estrangeiros reconhece que há sinais manifestos de dissonância na política externa da Europa e dos Estados Unidos da América. No dia em que Donald Trump completa um ano na Casa Branca, Augusto Santos Silva diz que acredita, no entanto, que essas divergências podem ser ultrapassadas.

  • Há mais um suspeito do massacre de Las Vegas 
    0:27

    Mundo

    Em outubro passado, Stephen Paddock abriu fogo sobre os espetadores de um concerto de música country, em Las Vegas, matando 58 pessoas e ferindo quase 500, no mais sangrento tiroteio da história norte-americana recente. A novidade é que a polícia federal dos EUA abriu uma investigação sobre um segundo suspeito no tiroteio. A Polícia Metropolitana disse que não há ainda um motivo para o tiroteio mas aponta como uma das possíveis razões o facto de Stephen Paddock ter perdido uma grande quantia de dinheiro. Os investigadores descobriram ainda que o atirador possuía pornografia infantil no seu computador.