sicnot

Perfil

Desporto

Jurgen Klopp abandona Borussia Dortmund no final da temporada

O treinador Jurgen Klopp anunciou hoje, em conferência de imprensa, que vai abandonar o Borussia Dortmund no final da temporada, depois de sete temporadas no comando do emblema do campeonato alemão de futebol.

© Alessandro Bianchi / Reuters

O técnico germânico, de 47 anos, pegou na equipa em 2008, numa altura em que o clube passava por uma grave crise financeira, e conquistou duas bundesligas (2010-11 e 2011-12) e uma Taça da Alemanha (2011-2012), tornando-se no primeiro treinador da história do Borussia a conquistar o campeonato e taça na mesma temporada.

Em 2013, Klopp apurou o Dortmund para a final da Liga dos Campeões, tendo na altura perdido para o Bayern Munique, no Estádio de Wembley, em Londres.

"Eu sempre disse que quando sentisse que não era o treinador perfeito para esta equipa extraordinária, que saia. Acredito que é a decisão certa no momento certo. Não tenho qualquer ligação ou contrato com outro clube, mas também não tenho planos de fazer uma interrupção na minha carreira", afirmou Jurgen Klopp.

O antigo avançado, que fez grande parte sua carreira no Mainz, clube em que depois iniciou a carreira de treinador, abandona Dortmund também com duas Supertaças germânicas no currículo (2013 e 2014), dois segundos lugares na Bundesliga (2012-13 e 2013-14) e uma final da Taça da Alemanha em que saiu derrotado (2013-13).

Esta temporada, o Borussia Dortmund está a fazer um percurso bastante irregular, tendo já mesmo ocupado o último lugar da Bundesliga. Atualmente, segue na 10.ª posição da prova, a seis pontos dos lugares de acesso às competições europeias.

"Achei que devia anunciar a minha decisão nesta altura, para que o clube consiga preparar da melhor forma a próxima temporada", explicou.

Klopp decidiu abandonar o clube apesar de ter contrato até 2018.

Lusa

  • Prisão preventiva para homicida de Barcelos
    1:43

    País

    O alegado homicida de Barcelos vai ficar em prisão preventiva, por quatro crimes de homicídio. Adelino Briote foi ouvido este sábado de manhã no Tribunal de Braga, depois de na sexta-feira ter alegadamente degolado quatro pessoas na freguesia de Tamel, em Barcelos.

  • Morte de portuguesa no Luxemburgo afinal não aconteceu

    País

    A morte de uma portuguesa em Bettembourg, no sul do Luxemburgo, não terá acontecido. O Jornal do Luxemburgo avançou, esta manhã, que a emigrante portuguesa tinha sido baleada mortamente pelo filho, uma informação entretanto desmentida por outro jornal online. Segundo o Bom Dia Luxemburgo, o que aconteceu foi afinal uma rusga policial.

  • Estamos quase na hora de verão

    País

    Esta madrugada muda a hora. Quando for 1h00, os relógios adiantam para as 2h00. Será uma noite com menos tempo de sono, mas os dias vão ficar mais longos com o chamado horário de verão.

  • Hora do Planeta, apagam-se as luzes para despertar consciências
    2:19
  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.