sicnot

Perfil

Desporto

Ruben Faria abandona Rali Sealin Cross Country devido a lesão no pulso

O português Ruben Faria (KTM) abandonou hoje, à segunda etapa, o Rali Sealin Cross Country, no Qatar, devido a uma lesão no pulso direito, contraída na segunda-feira.

© Jean-Paul Pelissier / Reuters

"Ontem, no decorrer da especial, sofri uma chicotada do guiador, que, na altura, me deixou com dores, mas que consegui suportar até ao final do dia. Depois, já na ligação, as dores começaram a aumentar e tornaram-se mesmo muito fortes com o passar das horas. Dessa forma optei esta manhã por não arrancar, não fazia sentido. Continuava a sentir fortes dores e não iria mesmo conseguir aguentar uma especial", afirmou o piloto à sua assessoria de imprensa.

Na etapa de segunda-feira, a primeira do rali, o português terminou em oitavo, mas sofreu uma penalização de seis horas que o atirou para 25.º da geral, perdendo desde logo todas as aspirações de terminar entre os primeiros.








Lusa
  • Novas buscas no Universo Espírito Santo

    Queda do BES

    O Ministério Público voltou a fazer buscas no âmbito dos processos do Universo Espírito Santo. A SIC sabe que ontem e hoje os investigadores recolheram provas em diversos locais do continente e também na Madeira, nomeadamente em residências, empresas e entidades bancárias.

    Notícia SIC

  • Visitar a região afetada pelo fogos é uma forma de ajudar na recuperação
    3:07
  • Carvalhal do Sapo tenta recuperar a vida normal após incêndio
    2:33

    País

    As populações das aldeias de Góis tentam voltar à normalidade, ao fim de vários dias rodeadas por um grande dispositivo de operacionais. A repórter Cristina Freitas esteve hoje em Carvalhal do Sapo, onde se realizou mais um funeral de uma das vítimas do incêndio de Pedrógão Grande.

  • Falta de médicos e de ofertas de emprego preocupa habitantes da Guarda
    5:13
  • "Do ponto de vista interno a candidatura do Porto é a melhor" 
    0:50

    País

    António Costa admite que a candidatura da cidade do Porto para receber a Agência Europeia do Medicamento seria a melhor para Portugal. No entanto o primeiro-ministro diz que é preciso avaliar se a candidatura do Porto é a que tem mais hipóteses de ganhar, quando comparada com outras cidades europeias. 

  • Depois da "provocação", o acidente em cadeia
    0:43