sicnot

Perfil

Desporto

Ruben Faria abandona Rali Sealin Cross Country devido a lesão no pulso

O português Ruben Faria (KTM) abandonou hoje, à segunda etapa, o Rali Sealin Cross Country, no Qatar, devido a uma lesão no pulso direito, contraída na segunda-feira.

© Jean-Paul Pelissier / Reuters

"Ontem, no decorrer da especial, sofri uma chicotada do guiador, que, na altura, me deixou com dores, mas que consegui suportar até ao final do dia. Depois, já na ligação, as dores começaram a aumentar e tornaram-se mesmo muito fortes com o passar das horas. Dessa forma optei esta manhã por não arrancar, não fazia sentido. Continuava a sentir fortes dores e não iria mesmo conseguir aguentar uma especial", afirmou o piloto à sua assessoria de imprensa.

Na etapa de segunda-feira, a primeira do rali, o português terminou em oitavo, mas sofreu uma penalização de seis horas que o atirou para 25.º da geral, perdendo desde logo todas as aspirações de terminar entre os primeiros.








Lusa
  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.