sicnot

Perfil

Desporto

Adeptos da Juventus proibidos de ir a Génova, onde equipa podia festejar título

Os adeptos da Juventus estão proibidos de viajar para Génova, onde a equipa pode festejar o título de campeã italiana de futebol, devido aos incidentes no encontro com o Torino, anunciou hoje o Observatório Nacional para as Manifestações Desportivas.

© Max Rossi / Reuters

A 'vecchia signora' pode festejar hoje o título, na receção à Fiorentina, embora esteja dependente do resultado da Lazio, mas caso não o consiga não terá adeptos no encontro com a Sampdoria, marcado para sábado, e no qual depende apenas de si própria para conquistar o 'scudetto'.

O organismo decidiu punir a Juventus pelo comportamento dos seus adeptos no dérbi de Turim, acusados de "tentativa de agressão aos adeptos rivais e utilização reiterada de material pirotécnico".

No derrota com o Torino, os adeptos da Juventus lançaram petardos em direção do setor contrário, ferindo, sem gravidade, 10 pessoas.

O inquérito do Observatório Nacional para as Manifestações Desportivas pode ainda levar a outras sanções à Juventus, como jogar à porta fechada.

O Torino também foi punido e no encontro com o Empoli, a 06 de maio, não terá adeptos nas bancadas.

Lusa
  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22