sicnot

Perfil

Desporto

Miguel Oliveira conquista segundo lugar no GP de Espanha de Moto3

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) terminou hoje em segundo lugar o Grande Prémio de Espanha de Moto3, quarta prova do Mundial de motociclismo de velocidade, disputada em Jerez de La Frontera.

Miguel Angel Morenatti

Esta foi a quinta vez que Miguel Oliveira subiu ao pódio na carreira, a primeira esta temporada. Em 2012, Miguel Oliveira também tinha sido segundo no Grande Prémio da Austrália, igualando hoje o melhor resultado em Moto3.

 "Ataquei o máximo que consegui. Finalmente cheguei ao pódio este ano. O objetivo agora é recuperar o máximo possível de pontos e continuar a trabalhar assim", disse, no final, Miguel Oliveira, citado pela sua assessoria de imprensa, manifestando-se "obviamente muito feliz".

O inglês Danny Kent (Honda) venceu a corrida espanhola e reforçou a liderança no Mundial de pilotos, com 31 pontos de vantagem sobre o espanhol Efrén Vázquez (Honda), quinto classificado em Jerez de la Frontera.

A próxima prova do Mundial de Moto3, o Grande Prémio de França, está agendada para 17 de maio, no circuito de Le Mans Bugatti.

Lusa
  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.