sicnot

Perfil

Desporto

Figo confiante que federações "estão dispostas a mudar" nas eleições da FIFA

O português Luís Figo, candidato à presidência da FIFA nas eleições de 29 de maio, manifestou-se esta quinta-feira confiante que as federações "estão dispostas a mudar" e a apoiar a sua candidatura.

Figo apontou como prioridades, em caso de vitória, o desenvolvimento do "futebol base", para o qual será necessária uma "melhor distribuição de fundos" entre as federações, bem como "mais transparência" na organização de cúpula do futebol mundial. (Arquivo)

Figo apontou como prioridades, em caso de vitória, o desenvolvimento do "futebol base", para o qual será necessária uma "melhor distribuição de fundos" entre as federações, bem como "mais transparência" na organização de cúpula do futebol mundial. (Arquivo)

Matt Dunham / AP

Em Madrid, à margem da gala de entrega dos prémios Condé Nast Traveler, Figo admitiu, contudo, que será um processo complicado.

"O processo é difícil, sabia-o desde o início. Continuo confiante que pode haver uma mudança e que as pessoas não terão medo da mudança", afirmou.

Figo apontou ainda como prioridades, em caso de vitória, o desenvolvimento do "futebol base", para o qual será necessária uma "melhor distribuição de fundos" entre as federações, bem como "mais transparência" na organização de cúpula do futebol mundial.

As eleições para a presidência do organismo que rege o futebol mundial realizam-se a 29 de maio, no segundo de dois dias do congresso da FIFA, em Zurique, na Suíça.

Além de Figo, concorrem à presidência da FIFA o suíço Joseph Blatter, considerado o principal favorito à reeleição para um quinto mandato, o príncipe Ali bin Al Hussein, da Jordânia, e vice-presidente do organismo para a Ásia, e Michael van Praag, líder da federação holandesa.
Lusa
  • "Sinto-me como quem leva uma sova monumental"
    0:30
  • Temperaturas vão subir até 4ª feira

    País

    As temperaturas vão subir até esta quarta-feira, prevendo-se máximas entre os 22 e os 29 graus na generalidade do território, valores acima do normal para a época do ano, adiantou hoje a meteorologista Maria João Frada.

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Equipa responsável por renovação da Proteção Civil ainda não é conhecida
    2:45

    País

    A constituição da unidade de missão que deverá entrar esta segunda-feira em funções para concretizar a reforma dos sistemas de prevenção e combate a incêndios ainda não é conhecida. A equipa de trabalho anunciada por António Costa será responsável por pôr de pé o novo sistema de Proteção Civil, aprovado no Conselho de Ministros extraordinário de sábado.

  • "Quero unir o PSD depois de o clarificar"
    1:17
  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31
  • Antigos presidentes dos EUA angariam 26 milhões para vítimas dos furacões
    0:58

    Mundo

    Os cinco antigos presidentes dos Estados Unidos da América ainda vivos juntaram-se para ajudar as vítimas dos furacões. Bill Clinton e Barack Obama lembraram as vítimas dos furacões e elogiaram o espírito solidário dos norte-americanos. Os antigos presidentes norte-americanos lançaram o apelo no início do mês passado e já conseguiram angariar cerca de 26 milhões de euros.