sicnot

Perfil

Desporto

"O que se passou em Alvalade foi ridículo"

O treinador do Sporting de Braga, Sérgio Conceição, disse esta sexta-feira recear o que não pode controlar, numa referência às arbitragens, tendo criticado duramente a última frente ao Sporting, na anterior jornada da I Liga de futebol.

"Acho inconcebível, ridículo, o que se passou em Alvalade, independentemente da vitória justa do Sporting. Disso é que tenho receio, é o que não posso controlar, porque nós vamos ser competitivos", disse o técnico do Braga. (Arquivo)

"Acho inconcebível, ridículo, o que se passou em Alvalade, independentemente da vitória justa do Sporting. Disso é que tenho receio, é o que não posso controlar, porque nós vamos ser competitivos", disse o técnico do Braga. (Arquivo)

Paulo Duarte / AP

As duas equipas voltam a defrontar-se dentro de pouco mais de uma semana, na final da Taça de Portugal, e o técnico bracarense disse-se hoje "preocupado" não com a sua equipa, que prometeu que será "competitiva", mas com o que não pode controlar.

O Sporting bateu o Braga por 4-1 e Sérgio Conceição queixa-se da grande penalidade que deu o empate aos 'leões' e de uma outra, sobre Pardo, que terá ficado por marcar e que podia dar o empate a duas bolas aos minhotos.

"Acho inconcebível, ridículo, o que se passou em Alvalade, independentemente da vitória justa do Sporting. Disso é que tenho receio, é o que não posso controlar, porque nós vamos ser competitivos", disse.

Conceição lembrou que o Braga jogou em Alvalade sem sete habituais titulares perante um Sporting "na máxima força" e que sofreu "uma grande penalidade ridícula" aos 44 minutos.

"Aquilo não se vê em lado nenhum da Europa, do mundo. Nem em África, com todo o respeito. O penálti sobre o Pardo também é ridículo, o árbitro está a 10 metros e não vê, ou não quer ver. Eu sei que vou pagar por isto, se não for este ano, será no próximo", deixou.

No sábado, o Braga recebe o Vitória de Setúbal com a questão do quarto lugar ainda em aberto, precisando apenas de um empate para o confirmar.

"A motivação é grande, até porque tudo depende de nós, e porque o grande objetivo da temporada era ficar nos quatro primeiros lugares. Apesar desta fase menos positiva, que faz parte do passado, olhamos para este jogo que nos pode dar o maior objetivo da época com a máxima motivação", disse.

O treinador espera um Vitória de Setúbal "desinibido" por já ter alcançado o seu objetivo, o que pode tornar o jogo "mais complicado".

"Mas temos é que assumir a nossa responsabilidade, ganhar o jogo, acabar em quarto lugar e confirmar que somos a quarta melhor equipa em Portugal", disse.

Conceição respondeu ainda ao treinador do Vitória de Guimarães, Rui Vitória, que hoje disse que, dada a fase negativa de seis jogos sem ganhar do Braga, "se qualquer coisa de negativo" se passar durante o jogo, os seus jogadores podem entrar em "stress". 

"Ele faz o papel dele, é normal, mas o Vitória de Guimarães é a equipa da Europa que tem mais penáltis a favor. Pela 'liga da verdade', o quinto classificado não vai ser o Vitória de Guimarães, vai ser o Belenenses ou o Paços de Ferreira, porque se muitos desses lances fossem dissecados à lupa, estavam em sétimo, oitavo ou nono. Ele que se preocupe com o Vitória e não com o Braga", atirou.

Tiago Gomes, Mauro, Ruben Micael, Éder e Zé Luís, lesionados, estão em dúvida, mas Djavan já está recuperado e será opção para Sérgio Conceição, assim como Baiano, que ficou de fora do último jogo, por castigo.

Danilo já se juntou à seleção do Brasil que vai disputar o Mundial sub-20 e é baixa confirmada para sábado e para o Jamor.

Braga, quarto classificado, com 55 pontos, e Vitória de Setúbal, 15.º, com 29, defrontam-se no Estádio Municipal de Braga, às 20:15 de sábado, partida que será arbitrada por Jorge Tavares, de Aveiro.
Lusa
  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi o deputado eleito pelo círculo de Braga. Agora vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Esta saída pode colocar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.