sicnot

Perfil

Desporto

Benfica SAD melhora resultado operacional no terceiro trimestre de 2014/15

A venda dos direitos desportivos de Bernardo Silva ao Mónaco foi determinante para que as contas da SAD do Benfica apresentem, no final dos três primeiros trimestres de 2014/2015, um balanço positivo de 32,14 milhões de euros.

"O futebol português esteve em risco, estivemos a poucas semanas de assistir a uma paragem nos campeonatos profissionais. Mas isso importou pouco aos que prosseguem com uma cruzada demagógica, populista e que nada ajuda à resolução dos problemas." - Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, em 13-12-2014

"O futebol português esteve em risco, estivemos a poucas semanas de assistir a uma paragem nos campeonatos profissionais. Mas isso importou pouco aos que prosseguem com uma cruzada demagógica, populista e que nada ajuda à resolução dos problemas." - Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, em 13-12-2014

Lusa (Arquivo)

O resultado operacional supera em 5,3 por cento o do período homólogo do exercício anterior, com a venda de Bernardo Silva, por 15,75 milhões de euros, a ter um peso essencial na variação.

O relatório intercalar, hoje enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), dá igualmente conta de 13,97 milhões de euros de resultados líquidos consolidados, abaixo dos 15,77 milhões apresentados há um ano, mas claramente acima dos 7,32 dos nove primeiros meses de 2012/2013. 

Para o crescimento do relatório operacional pesam especialmente os rendimentos operacionais, a crescer 6,7 por cento, para 77,75 milhões de euros. Ao contrário do ano anterior, os resultados sem direitos de atletas atingem agora valores positivos, de 112 mil euros.

Os resultados com direitos de atletas chegam aos 32,03 milhões, um pouco menos, 4,4 por cento, do que se constatava em maio do ano passado.

Além de ida definitiva de Bernardo Silva para o Mónaco, são contabilizados neste período de nove meses a venda de Franco Jara ao Olympiacos, de Enzo Pérez ao Valência (em dezembro) e os empréstimos de Nélson Oliveira ao Swansea e de 'Bebé' ao Córdoba.

No plano dos investimentos, a SAD contabiliza a compra de Mukthar e o empréstimo de Jonathan Rodríguez, que se vai prolongar até 2016/2017. Neste caso, o Benfica compra 40 por cento do passe e fica com opção para os restantes 60 por cento.

Lusa
  • Reportagem Especial dá a voz aos despedidos da banca
    1:18
  • CEMGFA admite que várias armas roubadas estão em condições de ser usadas
    2:06

    Assalto em Tancos

    Afinal há várias armas roubadas em Tancos que estão em condições de ser utilizadas, sendo que apenas os lança-granadas-foguete estão obsoletos. Esta manhã, o general Pina Monteiro admitiu, no Parlamento, que a declaração que fez há duas semanas pode ter induzido em erro a opinião pública. O chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA) diz, ainda, que se houvesse indícios sobre colaboração do Exército neste caso, os suspeitos estariam presos.

  • Pais de Charlie Gard querem que o bebé morra em casa

    Mundo

    Depois de terem renunciado à batalha judicial para manterem o filho com vida, os pais do bebé britânico Charlie Gard desejam agora levar a criança para morrer em casa. O desejo foi revelado pelo advogado de Chris Gard e Connie Yates, numa audiência esta tarde, no Supremo Tribunal de Londres. Contudo, o hospital responsável pelo caso admite que os cuidados a Charlie não podem ser feitos em casa.