sicnot

Perfil

Desporto

Treinador Jürgen Klopp vai fazer pausa por tempo indeterminado

O treinador alemão Jürgen Klopp revelou esta segunda-feira que irá fazer uma pausa na carreira por tempo indeterminado, apesar das notícias que o vinculam às equipas de futebol do Real Madrid, Nápoles ou Liverpool.

Jürgen Klopp, de 47 anos, realizou o último jogo ao serviço do Borussia Dortmund, no qual se encontrava desde 2008, no sábado, com uma derrota na final da Taça da Alemanha, frente ao Wolfsburgo, por 3-1.

Jürgen Klopp, de 47 anos, realizou o último jogo ao serviço do Borussia Dortmund, no qual se encontrava desde 2008, no sábado, com uma derrota na final da Taça da Alemanha, frente ao Wolfsburgo, por 3-1.

© Ina Fassbender / Reuters

Jürgen Klopp, de 47 anos, realizou o último jogo ao serviço do Borussia Dortmund, no qual se encontrava desde 2008, no sábado, com uma derrota na final da Taça da Alemanha, frente ao Wolfsburgo, por 3-1.

"Depois de sete anos intensos e emocionais, penso que faz sentido para que possa processar as muitas memórias e para que eu e a minha equipa técnica possamos começar um novo trabalho frescos e motivados", justificou Klopp.

O treinador alemão, que hoje esteve reunido com o seu empresário, Marc Kosicke, não tem um prazo para o autoimposto 'período sabático', admitindo que regressará quando o trabalho certo surgir.

Ao serviço do Borussia Dortmund, o técnico conduziu a equipa à final da Liga dos Campeões em 2013, na qual perdeu com o Bayern Munique, foi campeão da Bundesliga em 2011 e 2012, tendo também conquistado neste último ano a Taça da Alemanha.
Lusa
  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.