sicnot

Perfil

Desporto

Benítez emocionado no regresso a casa no Real Madrid

O espanhol Rafa Benítez foi hoje apresentado como treinador da equipa de futebol Real Madrid, num emocionado regresso a casa e com um contrato de três anos. 

© Sergio Perez / Reuters

"Hoje é um dia emocionante, ao voltar aqui, à minha casa. Esperemos ganhar títulos", disse Benítez, com a voz embargada, pouco depois de o presidente do clube, Florentino Pérez, lhe ter dado as boas-vindas, falando numa nova etapa. 

 
 

Rafa Benítez, de 55 anos, que foi jogador e chegou a ser técnico da equipa B do Real Madrid, chega à principal equipa dos 'merengues' pela primeira vez na sua carreira, depois de ter deixado os italianos do Nápoles. 

 
 

"Hoje começamos uma nova etapa e fazemo-lo convencidos de que será para melhor, por isso apresentamos o novo treinador. Rafa Benítez bem-vindo ao Real Madrid", disse o presidente do clube espanhol. 

 
 

No Real Madrid o treinador encontrará os portugueses Fábio Coentrão, Pepe e Cristiano Ronaldo, depois de uma época em que a equipa deixou escapar os títulos mais importantes, o que levou à saída do italiano Carlo Ancelotti, após a conquista da Liga dos Campeões em 2013/14. 

 
 

Em Espanha, Benítez já foi por duas vezes campeão espanhol, mas ao serviço do Valência, em 2002 e 2004, e também já ganhou a Liga dos Campeões, ao comando dos ingleses do Liverpool. 

 
 


 

Lusa

 
 

 

  • Mais de 1600 ações de fiscalizações a IPSS em dois anos
    1:05

    Expresso da Meia Noite

    Nos últimos dois anos, o Estado efetuou mais de 1600 ações de fiscalização a Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) das quais resultaram mais de 70 destituições e 80 participações ao Ministério Público (MP). Os números foram avançados pela secretária de Estado da Segurança Social, Cláudia Joaquim, no programa Expresso da Meia-noite, na SIC Notícias.

  • Bombeiro ferido nos fogos de Pedrógão Grande regressou a casa
    2:33

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Seis meses depois dos incêndios de Pedrógão Grande, regressou a casa o último dos bombeiros de Castanheira de Pera que estava internado desde junho. Rui Rosinha esteve em coma mais de dois meses e tem ainda pela frente uma longa recuperação. O bombeiro não quer que o país esqueça o que aconteceu e espera que as duas tragédias deste ano (fogos de junho e outubro) sirvam de lição para o futuro.

  • Pedrógão Grande, seis meses depois - documentário Expresso
    0:29
  • Frio no fim de semana, regiões do interior podem chegar aos -5 °C
    1:23
  • Ilhas Selvagens são um tesouro no Atlântico que é preciso preservar
    2:33