sicnot

Perfil

Desporto

Penafiel admite agir judicialmente contra Federbet

O Penafiel admitiu hoje agir judicialmente contra a Federbet, empresa que esta semana fez uma denúncia sobre uma possível viciação do resultado do jogo com o Benfica, referente à 32ª jornada da I Liga de futebol.

© Hugo Correia / Reuters

Em comunicado, o clube duriense repudia "de forma veemente o envolvimento do seu nome na situação referida" e garantiu que vai definir qual será o próximo passo em relação a esta situação após reunião dos órgão sociais do clube, deixando no ar a possibilidade de agir judicialmente.

"É com enorme estupefação que vemos o nome do Clube associado a tal situação, mais ainda quando a denúncia parte de uma empresa privada que, há já largo tempo, tem vindo a oferecer os seus préstimos à Liga Portugal, conforme comunicado emitido ontem [terça-feira] pela própria Liga e onde o órgão que representa os clubes profissionais informa que fará uma participação junto da Procuradoria-Geral da República", pode ler-se no comunicado do Penafiel publicado nas redes sociais.

O clube esclareceu ainda que vai aguardar "serenamente, o contacto da Federbet e o resultado da investigação que os mesmos certamente farão", referindo, nesse sentido, que nada terão a esconder.

A Federbet, organismo que vigia as apostas online, apresentou na terça-feira, no Parlamento Europeu, em Bruxelas, o relatório anual de 2015 sobre "jogos viciados", apontando que Portugal é um dos países onde o fenómeno mais cresceu na última temporada.

Segundo o secretário-geral da Federbet, Francesco Baranca, a II Liga é uma competição "doente", mas na lista de jogos suspeitos neste relatório também surge uma partida da I Liga, envolvendo o bicampeão Benfica e o despromovido Penafiel, que terminou com uma goleada de 4-0 para os 'encarnados'.



Lusa
  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.