sicnot

Perfil

Desporto

Direção do FC Barcelona demite-se para sufragar futuro do clube

A direção do FC Barcelona demitiu-se hoje para abrir caminho à realização de novas eleições destinadas a auscultar os sócios sobre "o que querem para o clube nos próximos seis anos".

Josep Maria Bartomeu, presidente do FC Barcelona.

Josep Maria Bartomeu, presidente do FC Barcelona.

© Juan Medina / Reuters

"Apresento a minha demissão para permitir a realização de novas eleições. Os sócios devem agora escolher que modelo querem para o clube nos próximos seis anos", disse em conferência de imprensa o presidente do clube catalão, Josep Maria Bartomeu.

A antecipação das eleições decidida pela atual direção - cujo mandato termina apenas em 2016 -- é vista como uma forma de Bartomeu responder aos seus críticos. 

Apesar da conquista do 'triplete' -- campeonato, taça e Liga dos Campeões -, o clube catalão tem sido palco de tensões, nomeadamente entre o treinador Luís Enrique e o avançado argentino Lionel Messi no início da época, bem como de casos judiciais envolvendo a transferência do brasileiro Neymar. 

"Defenderei o meu modelo para o clube porque acredito que trabalhámos bem e o FC Barcelona deve continuar a liderar o futebol mundial", disse Bartomeu.

Na corrida pela presidência do clube catalão pode entrar, entretanto, Joan Laporta, que já liderou o FC Barcelona entre 2003 e 2010.

Lusa
  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • "Situação humanitária dos civis em Ghouta é aterradora"
    0:49

    Mundo

    O enviado especial da ONU para a Síria lançou esta sexta-feira um novo apelo a um cessar-fogo. O responsável está particularmente preocupado com a situação da população civil e diz que é preciso evitar que se repita em Ghouta o que se passou em Alepo.

  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05
  • Instantes de uma noite de futebol europeu
    0:41
  • Não dá mais, Brasil!
    18:00