sicnot

Perfil

Desporto

Direção do FC Barcelona demite-se para sufragar futuro do clube

A direção do FC Barcelona demitiu-se hoje para abrir caminho à realização de novas eleições destinadas a auscultar os sócios sobre "o que querem para o clube nos próximos seis anos".

Josep Maria Bartomeu, presidente do FC Barcelona.

Josep Maria Bartomeu, presidente do FC Barcelona.

© Juan Medina / Reuters

"Apresento a minha demissão para permitir a realização de novas eleições. Os sócios devem agora escolher que modelo querem para o clube nos próximos seis anos", disse em conferência de imprensa o presidente do clube catalão, Josep Maria Bartomeu.

A antecipação das eleições decidida pela atual direção - cujo mandato termina apenas em 2016 -- é vista como uma forma de Bartomeu responder aos seus críticos. 

Apesar da conquista do 'triplete' -- campeonato, taça e Liga dos Campeões -, o clube catalão tem sido palco de tensões, nomeadamente entre o treinador Luís Enrique e o avançado argentino Lionel Messi no início da época, bem como de casos judiciais envolvendo a transferência do brasileiro Neymar. 

"Defenderei o meu modelo para o clube porque acredito que trabalhámos bem e o FC Barcelona deve continuar a liderar o futebol mundial", disse Bartomeu.

Na corrida pela presidência do clube catalão pode entrar, entretanto, Joan Laporta, que já liderou o FC Barcelona entre 2003 e 2010.

Lusa
  • "A vitória de Bruno de Carvalho pode ser uma vitória de Pirro"
    1:01
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    As eleições para a presidência do Sporting realizam-se no próximo sábado e os comentadores d'O Dia Seguinte avaliaram já as hipóteses de vitória dos candidatos. Rui Gomes da Silva considera que a gravação que implicava José Maria Ricciardi não vai influenciar a decisão de voto. Já Paulo Farinha Alves acredita que Bruno de Carvalho vai vencer a eleição. Contudo José Guilherme Aguiar avisa as eleições podem não trazer estabilidade ao Sporting.

  • SIC revela relatório que provava falência do GES
    2:06
  • Sócrates acusa Cavaco de conspiração
    0:57
  • Vulcão Etna em erupção
    1:34
  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22
  • Como a maioria de Esquerda gere as votações
    2:15

    País

    A gestão entre os partidos é feita diariamente mas nem sempre PCP e Bloco de Esquerda têm votado ao lado do Governo. A SIC ouviu um politólogo, que diz que o objetivo é cada um salientar as diferenças que os separam do PS. No entanto, também há exemplos que provam que nenhum dos partidos quer pôr em causa a estabilidade política.