sicnot

Perfil

Desporto

Selecionador italiano desvaloriza ausência de Ronaldo e odeia a palavra "derrota"

O selecionador italiano de futebol, António Conte, desvalorizou hoje a ausência de Cristiano Ronaldo no encontro de terça-feira frente a Portugal e revelou que odeia a palavra "derrota", mesmo em jogos particulares.

© Antonio Bronic / Reuters

"Odeio a palavra derrota. Odeio. Os meus jogadores sabem muito bem disso. Não vejo nenhuma diferença com uma partida oficial. Quero ganhar e quero que os meus jogadores sintam o mesmo", afirmou António Conte em conferência de imprensa de antevisão do encontro que vai decorrer no Estádio de Genebra, na Suíça.

O treinador italiano considerou que o confronto com Portugal vai ser um "teste interessante" para a formação transalpina, mesmo com a ausência de Cristiano Ronaldo, que foi dispensado da seleção portuguesa após o encontro do último sábado na Arménia (3-2), de qualificação para o Euro2016. 

"Todas as equipas quem a sua própria gestão e todos os jogadores chegam ao final da temporada cansados. Mas, também, nenhuma equipa é composta por um único jogador, mesmo por Ronaldo, que é um fenómeno. Portugal tem outros grandes jogadores, jogadores de qualidade, e por isso vai ser um teste interessante", referiu.

Mesmo sendo um encontro particular e num período habitual de férias, António Conte pediu "paixão, sacrifício e entusiasmo" aos seus jogadores.

"Só jogar pela seleção é um grande estímulo e os jogadores devem sentir isso", frisou o treinador de 41 anos.

Naquele que será o 25.º jogo da história entre Portugal e Itália, o veterano guarda-redes Buffon é baixa certa na seleção transalpina, assim como o médio Daniele De Rossi, ambos devido a lesão.

Há quase 40 anos que a 'squadra azzurra' não sofre um desaire perante Portugal e venceu mesmo os últimos seis encontros perante a seleção lusa. A última derrota aconteceu em 1976, no antigo Estádio José Alvalade, por 2-1, também em jogo de preparação.

O jogo entre Portugal e Itália está agendado para as 20:30 (19:30 horas de Lisboa) e terá arbitragem do suíço Stephan Studer.







Lusa
  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O perfil dos novos ministros
    3:22

    País

    Pedro Siza Vieira e Eduardo Cabrita são os dois novos ministros que tomam posse no próximo sábado. Ambos têm uma particularidade: são amigos de longa data do primeiro-ministro António Costa.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Fogos na Califórnia provocaram 42 mortos e perdas acima de mil milhões de dólares

    Mundo

    O comissário dos seguros da Califórnia afirmou esta quinta-feira que as perdas provocadas pelos incêndios que dizimaram extensas áreas deste Estado norte-americano excedem os mil milhões de dólares (844 milhões de euros). Estes incêndios, que começaram no condado de Sonoma County, já provocaram a morte a 42 pessoas no mês de outubro.

  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC