sicnot

Perfil

Desporto

Joan Laporta candidata-se à presidência do Barcelona

O ex-presidente do Barcelona, Joan Laporta, confirmou esta terça-feira que se vai candidatar à presidência do clube catalão, nas eleições que acontecem a 18 de julho. 

Num vídeo-comunicado, Laporta assegurou sentir-se "mais preparado do que nunca" para voltar a dirigir o clube, dado que tem mais experiência do que há 12 anos, quando dirigiu o 'barça' pela primeira vez. (Arquivo)

Num vídeo-comunicado, Laporta assegurou sentir-se "mais preparado do que nunca" para voltar a dirigir o clube, dado que tem mais experiência do que há 12 anos, quando dirigiu o 'barça' pela primeira vez. (Arquivo)

© Albert Gea / Reuters

Num vídeo-comunicado, Laporta assegurou sentir-se "mais preparado do que nunca" para voltar a dirigir o clube, dado que tem mais experiência do que há 12 anos, quando dirigiu o 'Barça' pela primeira vez. 

"Tenho mais experiência, tenho os meus defeitos, que a maioria de vocês já conhece, mas mantenho os mesmos princípios e estes princípios são os de 'Mes que un club' [Mais do que um clube], baseados em [Johan] Cruyff, La Masia [a academia], Catalunha, UNICEF, um clube multidesportivo e uma organização profissional que faz que um clube funcione", esclareceu. 

O antigo dirigente 'culé' explicou que uma das razões que o motivaram a candidatar-se, com o lema "Para que o 'Barça' volte a ser de todos", foi o apoio de "muitíssimos" adeptos, recebido ao longo dos anos. 

Com o anúncio de Joan Laporta, já são seis os pré-candidatos à presidência do Barcelona.

Também aspiram ao cargo Josep Maria Bartomeu, presidente demissionário, Jordi Majó, candidato nas eleições de 2003, Toni Freixa, ex-porta-voz do clube, Jordi Farré, líder da plataforma 'Som gent normal', e Agustí Benedito, o segundo candidato mais votado nas eleições de 2010. 

No entanto, só podem concorrer aqueles que reunirem as 2354 assinaturas necessárias para se tornarem candidatos. 

Lusa
  • Reclusos que fugiram de Caxias tiveram cúmplices
    1:59

    País

    Uma falha de Portugal poderá explicar a libertação de um dos dois chilenos que fugiram de Caxias e foram apanhados em Espanha. As autoridades portuguesas atrasaram-se a enviar o mandado de detenção e a polícia espanhola libertou o fugitivo. Na investigação da fuga, acredita-se que os 3 reclusos tiveram cúmplices e a namorada de um deles já foi interrogada.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus parente e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.