sicnot

Perfil

Desporto

Joan Laporta candidata-se à presidência do Barcelona

O ex-presidente do Barcelona, Joan Laporta, confirmou esta terça-feira que se vai candidatar à presidência do clube catalão, nas eleições que acontecem a 18 de julho. 

Num vídeo-comunicado, Laporta assegurou sentir-se "mais preparado do que nunca" para voltar a dirigir o clube, dado que tem mais experiência do que há 12 anos, quando dirigiu o 'barça' pela primeira vez. (Arquivo)

Num vídeo-comunicado, Laporta assegurou sentir-se "mais preparado do que nunca" para voltar a dirigir o clube, dado que tem mais experiência do que há 12 anos, quando dirigiu o 'barça' pela primeira vez. (Arquivo)

© Albert Gea / Reuters

Num vídeo-comunicado, Laporta assegurou sentir-se "mais preparado do que nunca" para voltar a dirigir o clube, dado que tem mais experiência do que há 12 anos, quando dirigiu o 'Barça' pela primeira vez. 

"Tenho mais experiência, tenho os meus defeitos, que a maioria de vocês já conhece, mas mantenho os mesmos princípios e estes princípios são os de 'Mes que un club' [Mais do que um clube], baseados em [Johan] Cruyff, La Masia [a academia], Catalunha, UNICEF, um clube multidesportivo e uma organização profissional que faz que um clube funcione", esclareceu. 

O antigo dirigente 'culé' explicou que uma das razões que o motivaram a candidatar-se, com o lema "Para que o 'Barça' volte a ser de todos", foi o apoio de "muitíssimos" adeptos, recebido ao longo dos anos. 

Com o anúncio de Joan Laporta, já são seis os pré-candidatos à presidência do Barcelona.

Também aspiram ao cargo Josep Maria Bartomeu, presidente demissionário, Jordi Majó, candidato nas eleições de 2003, Toni Freixa, ex-porta-voz do clube, Jordi Farré, líder da plataforma 'Som gent normal', e Agustí Benedito, o segundo candidato mais votado nas eleições de 2010. 

No entanto, só podem concorrer aqueles que reunirem as 2354 assinaturas necessárias para se tornarem candidatos. 

Lusa
  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.