sicnot

Perfil

Desporto

Justiça espanhola aceita investigar queixa contra Neymar e Barcelona

A justiça espanhola aceitou investigar a queixa apresentada pelo fundo de investimento DIS, que detinha parte dos direitos federativos de Neymar, contra o futebolista internacional brasileiro e o Barcelona, indicou esta quarta-feira fonte judicial.

O fundo de investimento brasileiro considera-se lesado no processo de transferência de Neymar do Santos (na imagem) para Barcelona, dirigindo a queixa também contra o pai do jogador, Neymar Santos, o clube brasileiro, o atual presidente demissionário dos catalães, Josep Maria Bartomeu, e o anterior presidente, Sandro Rosell.

O fundo de investimento brasileiro considera-se lesado no processo de transferência de Neymar do Santos (na imagem) para Barcelona, dirigindo a queixa também contra o pai do jogador, Neymar Santos, o clube brasileiro, o atual presidente demissionário dos catalães, Josep Maria Bartomeu, e o anterior presidente, Sandro Rosell.

Michael Probst / AP

O fundo de investimento brasileiro considera-se lesado no processo de transferência de Neymar do Santos para Barcelona, dirigindo a queixa também contra o pai do jogador, Neymar Santos, o clube brasileiro, o atual presidente demissionário dos catalães, Josep Maria Bartomeu, e o anterior presidente, Sandro Rosell.

O DIS acusa os intervenientes no processo de fraude e corrupção, sustentando que lhe corresponde o equivalente a 40% dos 17,1 milhões de euros (ME) que o Barcelona pagou pelos direitos federativos de Neymar, de 23 anos, valor que considera estar abaixo do custo real da transação.

O Barcelona anunciou que a transferência do avançado brasileiro, em maio de 2013, custou 57,1 ME ao campeão espanhol e europeu, mas depois de uma investigação da justiça espanhola admitiu que a operação ascendeu, pelo menos, a 83,3 ME.

O fundo de investimento brasileiro, que recebeu 6,8 ME correspondentes aos 40% que detinha dos direitos federativos de Neymar, argumenta que tem direito a uma parte da diferença entre o valor inicialmente declarado e o valor real que o FC Barcelona assumiu mais tarde.
Lusa
  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Quando o cancro chega por mero acaso
    1:55

    Mundo

    Cerca de dois terços das mutações que ocorrem nas células cancerígenas devem-se ao acaso, segundo um estudo da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Em Portugal, o Diretor do Programa Nacional Doenças Oncológicas alerta para a importância de um diagnóstico precoce e um estilo de vida saudável como forma de reduzir a fatalidade.