sicnot

Perfil

Desporto

Justiça espanhola aceita investigar queixa contra Neymar e Barcelona

A justiça espanhola aceitou investigar a queixa apresentada pelo fundo de investimento DIS, que detinha parte dos direitos federativos de Neymar, contra o futebolista internacional brasileiro e o Barcelona, indicou esta quarta-feira fonte judicial.

O fundo de investimento brasileiro considera-se lesado no processo de transferência de Neymar do Santos (na imagem) para Barcelona, dirigindo a queixa também contra o pai do jogador, Neymar Santos, o clube brasileiro, o atual presidente demissionário dos catalães, Josep Maria Bartomeu, e o anterior presidente, Sandro Rosell.

O fundo de investimento brasileiro considera-se lesado no processo de transferência de Neymar do Santos (na imagem) para Barcelona, dirigindo a queixa também contra o pai do jogador, Neymar Santos, o clube brasileiro, o atual presidente demissionário dos catalães, Josep Maria Bartomeu, e o anterior presidente, Sandro Rosell.

Michael Probst / AP

O fundo de investimento brasileiro considera-se lesado no processo de transferência de Neymar do Santos para Barcelona, dirigindo a queixa também contra o pai do jogador, Neymar Santos, o clube brasileiro, o atual presidente demissionário dos catalães, Josep Maria Bartomeu, e o anterior presidente, Sandro Rosell.

O DIS acusa os intervenientes no processo de fraude e corrupção, sustentando que lhe corresponde o equivalente a 40% dos 17,1 milhões de euros (ME) que o Barcelona pagou pelos direitos federativos de Neymar, de 23 anos, valor que considera estar abaixo do custo real da transação.

O Barcelona anunciou que a transferência do avançado brasileiro, em maio de 2013, custou 57,1 ME ao campeão espanhol e europeu, mas depois de uma investigação da justiça espanhola admitiu que a operação ascendeu, pelo menos, a 83,3 ME.

O fundo de investimento brasileiro, que recebeu 6,8 ME correspondentes aos 40% que detinha dos direitos federativos de Neymar, argumenta que tem direito a uma parte da diferença entre o valor inicialmente declarado e o valor real que o FC Barcelona assumiu mais tarde.
Lusa
  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.